Exame

Siga-nos nas redes

Perfil

O salto em frente de Mário Ferreira na capa da EXAME de Junho

Exame

Empresário portuense vendeu 40% da sua holding de navegação a um parceiro norte-americano, que lhe abre horizontes e mercados. Numa entrevista de vida, explica o negócio e reconstitui o seu trajeto até aqui

Tiago Freire

Tiago Freire

DIRETOR DA EXAME

Mário Ferreira, o criador da Douro Azul, nunca está quieto. Seja a construir barcos, a preparar-se para ir ao espaço, a fazer hotéis ou a dar festas com o jet-set nacional e internacional. É uma personagem que polariza opiniões e a quem poucos são indiferentes. Agora, acaba de fazer um negócio de milhões, que contou à EXAME de Junho, que já se encontra nas bancas de todo o país.

Em causa está a entrada do fundo norte-americano Certares, que comprou 40% da Mystic Invest Holding, onde se encontram as atividades de cruzeiros, como a Douro Azul, por um valor que terá rondado os 250 milhões de euros. Numa entrevista de vida, conduzida pela jornalista Cesaltina Pinto, Mário Ferreira explica os planos para o futuro - agora com um parceiro com músculo financeiro e muito know-how na área - e fala do seu percurso, da sucessão e da relação com o poder político.

De recordar que esta edição da EXAME surge em banca acompanhada pela revista especial PME Líder 2019, uma parceria entre a EXAME e o Novo Banco. É uma publicação de 180 páginas que analisa as PME portuguesas que têm esta distinção, trazendo os seus dados financeiros, e olha para o comportamento do vários setores, tudo enquadrado pela opinião de responsáveis com conhecimento de causa. A PME Líder 2019 é grátis com a compra em banca da EXAME de Junho.

Outro tema em grande destaque nesta edição são os fundos comunitários, neste caso a reprogramação do Portugal 2020. A EXAME traz-lhe um guia exaustivo de como podem as empresas fazer o pré-registo para poderem aceder a fundos de até 5 mil milhões de euros, entre dinheiro comunitário e financiamento bancário em condições muito vantajosas.

Fazemos ainda um ponto da situação das Melhores Empresas Para Trabalhar 2019, parceria entre a EXAME, a everis e a AESE Business School, cujo período de inscrições vai até 14 de Junho.

E por falar em empresas que se preocupam com os seus trabalhadores, pode conhecer os vencedores da edição deste ano do Happiness Works, bem como as conclusões deste inquérito, incluindo os setores mais felizes e os menos.

Exploramos ainda um estudo da Informa D&B sobre as Empresas de Crescimento Elevado e, entre elas, as chamadas Empresas Gazela, as que aliam a força do crescimento com a juventude.

Fomos conversar com António Miguel Ferreira, diretor-geral da Claranet para o mercado ibérico e para o Brasil, uma das pessoas mais experientes na área da internet, cloud e cibersegurança, que nos deu o ponto da situação da sua companhia e do estado da arte em Portugal. Outra entrevista que pode ler é a João Fernandes, CEO da BuzzStreets, empresa portuguesa especialista em navegação em espaços interiores que acaba de conquistar mais um cliente de renome: o Manchester City, campeão da Premier League. E não podia deixar de recomendar a leitura da entrevista a Ana Miranda, a portuguesa que criou o New York Arte Institute, dedicado à promoção da cultura portuguesa pelo mercado norte-americano e não só.

Mas há, naturalmente, muito mais para ler. Destaco ainda as sugestões de leitura de Clara Raposo, presidente do ISEG, e as dicas de gestão de Luísa Pestana, administradora de Recursos Humanos da Vodafone, acerca de como dar feedback às equipas.

No lazer, analisamos o BMW 840D XDrive e fomos ouvir umas colunas de som que custam bem mais do que qualquer automóvel: as WAMM podem ser suas se exigir uma qualidade de som incomparável e tiver quase um milhão de euros para investir nesta altíssima fidelidade.

De relembrar que a 27 de Junho realiza-se a grande conferência Portugal em Exame, este ano dedicada aos 30 anos da nossa revista. A entrada é livre mediante inscrição (através do endereço eventos@trustinnews.pt). Contamos com a sua presença para um dia em que olharemos para a nossa economia nas últimas três décadas e para o que o futuro nos trará, em áreas como a energia, as comunicações, o trabalho ou a mobilidade.

A revista está nas bancas de todo o país. Pode ainda adquirir a edição ou assinar a EXAME aqui.

Desejo-lhe excelentes leituras!