Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Estudo revela quantas horas deve dormir por dia para proteger o seu coração

VISÃO Saúde

DR

Um novo estudo sugere que não só a privação do sono mas também dormir horas a mais podem provocar problemas cardíacos graves

O ideal é dormir entre seis e oito horas todas as noites, nem mais nem menos. Esta é a conclusão de um novo estudo apresentado esta semana no Congresso da Sociedade Europeia de Cardiologia em Munique, que acontece entre 25 e 29 de agosto e envolve mais de 30 mil profissionais de saúde.

Os investigadores analisaram dados retirados de 11 estudos de cerca de um milhão de pessoas adultas, e afirmam que horas a menos ou a mais de sono favorecem o aparecimento de doenças cardíacas ou até AVC e, por isso, é importante para a saúde do coração encontrar o equilíbrio no ciclo de sono.

Relativamente aos adultos que dormem de seis a oito horas por dia, as pessoas que dormiam menos tinham um risco 11% maior de vir a ter um problema deste tipo. Já os adultos que dormiam mais do que oito horas tinham um aumento de 33% de risco nos nove anos seguintes.

"São necessárias mais pesquisas para esclarecer com exatidão estes resultados, mas sabemos que o sono influencia vários processos biológicos como o metabolismo da glicose, a pressão arterial e várias inflamações: todos eles têm impacto nas doenças cardiovasculares", afirma Epameinondas Fountas, autora do estudo e médica em Atenas, Grécia.

Os autores referem ainda que não vale a pena as pessoas ficarem alarmadas se não conseguirem dormir uma noite, mas é importante consultar o médico se esse estado se prolongar por algum tempo, porque, além de outros problemas, a saúde do coração pode ser afetada de forma negativa.