Visão Mais

Siga-nos nas redes

Perfil

Segredos para curar as ressacas

Visão Mais

DR

Com a época festiva começam os jantares de natal da empresa, os dos amigos e os encontros de família. Mas com tantas festas chegam também as ressacas. Mas há segredos e alimentos que ajudam a recuperar melhor e mais rapidamente

O passado dia 14 de dezembro foi o dia da ressaca do ano, concluiu uma investigação, que consistiu na monitorização das redes sociais para descobrir o dia em que os internautas estavam mais propensos a publicar mensagens com a palavra "ressaca". Esta investigação foi delegada pela marca Ford para alertar para os perigos de conduzir após uma noite de festa. Concluiram que 10% das detenções por álcool acontecem entre as seis e as oito da manhã e que a recuperação demora mais tempo do que a maior parte das pessoas pensam. Mas será que sabe como recuperar de uma noite de excessos?

Amanda Hamilton, uma nutricionista escocesa, disse ao jornal The Independent que existem truques para recuperar de uma ressaca e sentir-se bem outra vez. O mais óbvio de todos é: beber água. Amanda aconselha a ingerir "aproximadamente 1,5l ou 2l de água durante o dia inteiro" para combater a desidratação causada pela ingestão de álcool.

A segunda dica passa por escolher o pequeno-almoço de forma inteligente. Se conseguir lidar bem com a comida pela manhã, escolha uma opção que inclua abacate, ovo e tomate. Se depois de uma noite de copos tudo que lhe apetece mesmo são hidratos de carbono opte por pão com manteiga de noz. Mas, se não consegue enfrentar a comida então "comece com um smoothie caseiro com água de coco para hidratar e reponha os eletrólitos perdidos com banana, espinafres e bagas ricas em vitamica C", aconselha Hamilton.

Se o movimento não o deixar com naúseas, o exercício físico também pode ajudá-lo. A nutricionista recomenda um treino curto mas intenso. "Não vai acelarar o velocidade com que o álcool é metabolizado ou desintoxicado do corpo mas a endorfina libertada durante o exercício pode melhorar o estado de espírito." acrescenta Amanda. Se nada disto ajudar, tome um banho com sais de magnésio e durma.

Atualmente existem muitos mitos de "curas milagrosas" para a ressaca mas a nutricionista desmente algumas delas, a começar pela cafeína. Na tentativa de despertar, muitos são os que recorrem ao café, no entanto Amanda alerta que a cafeína aumenta dois dos indícios da ressaca: tremores e naúseas. Por isso talvez seja melhor deixar o café de lado.

Há ainda quem ingira mais álcool para aliviar o mal-estar mas talvez não seja boa ideia visto que a ressaca atinge o seu ponto mais alto quando a pressão arterial do indivíduo volta ao zero, ao consumir mais álcool está apenas a adiar os sintomas.