Visão Sete

Siga-nos nas redes

Perfil

A nova série 'Amor em Berlim', na RTP2, e o amor que temos a este canal

TV

Um jornalista não deve abrir o seu coração, ensinam-nos na escola. Mas aqui deixamos uma exceção, porque a programação dos próximos dias na RTP2 merece mesmo que nos colemos ao ecrã

O romance entre um oficial da polícia secreta alemã e a filha de uma cantora dissidente, num país dividido, faz o enredo da nova série Amor em Berlim

O romance entre um oficial da polícia secreta alemã e a filha de uma cantora dissidente, num país dividido, faz o enredo da nova série Amor em Berlim

Antes que prossiga o texto, vamos abrir o jogo. Em destaque nesta página está o nome de uma série que se estreia esta quinta-feira, 13, mas aqui iremos muito mais além. Porque ainda temos a memória fresca do tempo em que não havia gravações, nem boxes, ou televisão por cabo, e tudo se passava na RTP 2. Quando, quase todas as noites, depois do Jornal 2 – que começava às dez da noite e também dava imenso jeito – nos sentávamos a ver uma série de luxo.

Se o leitor tiver as mesmas memórias, gostará de saber que a programação volta a surpreender neste canal que está com audiências miseráveis e muito por culpa de quem, como nós, o abandonou.
A partir de 13 de julho, sempre de segunda a sexta às 22h12, poderá seguir então Amor em Berlim (The Weissensee Saga), uma série que trata do romance de dois jovens que lutam pela sua paixão no fim da era da República Democrática Alemã. Serão 18 episódios assentes em sentimentos como lealdade, amor, esperança, fé e traição, que se desenrolam na Antiga Alemanha Oriental, pouco antes de a Cortina de Ferro cair, em 1989. Martin (Florian Lukas), um oficial da polícia secreta, apaixona-se pela rebelde Julia (Hannah Herzsprung), filha de uma cantora dissidente. Já se pode imaginar como este namoro não vai correr bem.

A programação da RTP2 segue, na sexta, 14, com Morangos Silvestres, conhecido como o mais comovente filme do cineasta sueco Ingmar Bergman e que conta a história de Isak Borg (Victor Sjöström), um homem da ciência, professor jubilado, que repensa a sua existência. Para nos pôr a refletir sobre os principais dramas da existência humana, a partir das onze da noite.

No sábado, 15, às 22h, o canal transmite o concerto A Noite de Wagner, inserido no Festival ao Largo, que decorre em Lisboa, no terreiro em frente ao Teatro Nacional de São Carlos. Vão poder escutar-se excertos de Os Mestres Cantores de Nuremberga, Tristão e Isolda, Parsifal e O Crepúsculo dos Deuses. Em palco, estará Rachel Nicholls, uma das melhores sopranos da sua geração, a Orquestra Sinfónica Portuguesa e a maestrina Joana Carneiro. Para fechar a noite televisiva – e a semana de excelência –, veja-se, ou reveja-se, Sem Sombra de Pecado (23h30), um filme para recordar o realizador José Fonseca e Costa e o ator Mário Viegas, numa comédia de costumes que deita um olhar corrosivo sobre a instituição militar. Nós avisámos que ia valer a pena regressar onde se foi feliz.

Amor em Berlim > estreia 13 jul, qui 22h12