Visão Sete

Siga-nos nas redes

Perfil

7 programas gratuitos para gozar o verão em Lisboa e no Porto

Sair

Quem diz que o verão não é para ser passado na cidade que se desengane. Os meses de julho, agosto e setembro trazem concertos, sessões de cinema, peças de teatro e muitas atividades gratuitas e ao ar livre. Sete sugestões em Lisboa e no Porto

As tardes de domingo nos jardins do Porto e Lisboa vão do house à eletrónica

As tardes de domingo nos jardins do Porto e Lisboa vão do house à eletrónica

1. Música ao domingo nos jardins, Porto e Lisboa

As tardes de domingo em alguns jardins do Porto andam animadas. A sexta edição do Somersby Porto Sunday Sessions já se instalou no jardim do Passeio Alegre, com vista para o mar, onde continua até final do mês. Em agosto e setembro muda-se para o Parque da Cidade. Nos próximos domingos, no Passeio Alegre, escuta-se o house e eletrónica de João Valente (23 jul) e da dupla Francisco Aires Pereira e João Fezas Vital (30 jul). Depois, será Concha Romão (6 ago), Miguel Bruschy e Francisco (13 ago), Bernardo (20 ago), Délcio (27 ago) a assegurarem as tardes, sempre com o acompanhamento de petiscos – os hambúrgueres da Puorto, as sandes da Badalhoca, além das Bolas da Praia e de vinho do Porto. Em setembro, as remisturas continuam no Parque da Cidade com João Dinis (3 set), Lewis M (10 set), e, a encerrar esta edição, o dj set de Alexandre Souto (17 set). Sempre das 16 às 20 horas.

Em Lisboa, também ao domingo, é o Somersby Out Jazz a levar música ao Parque Eduardo VIII (julho), ao Jardim da Estrela (agosto) e ao Parque Tejo (setembro). João Lencastre Trio com o Dj Rui Teixeira (23 jul), o Cuarteto Ibérico de Miguel Martins & Javier Orti (30 jul), Vaarwell e Dj Brother to Brother (20 ago), The Amplectors com Dj Jeff Lennon (3 set) são alguns dos que trazem jazz, soul e eletrónica. Aos sábados, a festa segue para a vila de Cascais (no jardins do Casino e no jardim da Parada).

Somersby Porto Sunday Sessions > Jardim do Passeio Alegre (jul), Parque da Cidade (ago, set) > Até 17 set, dom 16h-20h > Somersby Out Jazz > Pq. Eduardo VII (jul), Jardim da Estrela (ago), Pq. Tejo (set) > até 24 set, dom 17h

O norte-americano Gregory Porter atua com a Orquestra Sinfónica do Porto Casa da Música

O norte-americano Gregory Porter atua com a Orquestra Sinfónica do Porto Casa da Música

2. Concertos na Casa da Música, Porto

É mais um verão cheio de concertos à borla no palco da esplanada da Casa da Música, no Porto. Até 16 de setembro, quase sempre às 22 horas, passam por lá projetos emergentes do rock ao jazz e à música tradicional portuguesa: Kiko, com apenas 16 anos, um dos mais novos fadistas portugueses (21 jul); o projeto Paraguaii (22 jul); o brasileiro Jards Macalé (27 jul); o projeto formado entre o Porto e Monção, os Palmiers (28 jul); a poesia e música da Orquestra Fina (29 jul); o folk das irmãs Golden Slumbers (4 ago); os Buda Power Blues (10 ago); o repertório de danças tradicionais europeias de Uma coisa em forma de Assim (18 ago); Captain Boy (26 ago); os concertos gratuitos de Edu Mondo (8 set) ou de Bloom, o novo pseudónimo de JP Simões (9 set). A Casa da Música sai também fora de portas. A Orquestra de Jazz de Matosinhos apresenta-se na Praça Guilhermina Suggia, em Matosinhos (28 jul) num cine-concerto à volta do filme O Naufrágio de Veronese, no mesmo local, onde, no dia seguinte (29 jul) a Orquestra Sinfónica do Porto da Casa da Música se junta à lenda do jazz norte-americano Gregory Porter. Já nos últimos dias de verão, os Mão Morta atuam, na Avenida dos Aliados, com o Remix Ensemble e, como tem sido habitual, também a Orquestra Sinfónica também ali se apresenta (9 set).

Verão na Casa > Casa da Música > Av. da Boavista, 604, Porto > T. 22 0120 220 > até 16 set

É a segunda edição dos Sunsets na Relva no restaurante Eleven

É a segunda edição dos Sunsets na Relva no restaurante Eleven

3. Festas ao pôr-do-sol, Lisboa e Porto

As quintas-feiras do restaurante Eleven, no cimo do Parque Eduardo VII, em Lisboa, são para gozar na relva, das 18 às 21h. Com uma vista privilegiada sobre a cidade, o Tejo e a Avenida da Liberdade, os Sunsets na Relva recebem os Duke (20 jul) e a Dj Ru (27 Jul). O programa, que continua até 14 de setembro e ainda está a ser definido, conta com os gelados artesanais de pauzinho da Paletaria, brigadeiros do Ponto Condensado e os cocktails do Double 9. Uma forma diferente de poder conhecer o restaurante chefiado pelo alemão Joachim Koerper.

Também no Porto o pôr do sol, é pretexto para festas. Música, bebida e petiscos em três hotéis da cidade é o que prometem os sunsets da cadeia Shotels: Porto Palácio Hotel, The Artist Porto Hotel & Bistrô e The House Ribeira, que acontecem, de forma alternada, aos sábados, das 18h30 às 20h30, até final de setembro. Também na esplanada do Crowne Plaza Porto se escuta música pop, funk, jazz, e blues, numa parceria com a Escola de Música Jahas – Rockschool Porto. A Music Summer Sessions (26 jul, 18h30) tem entrada livre e é acompanhada por um Porto Ferreira Branco seco, um Sossego Rosé e chocolates da Leónidas.

Sunset na Relva > Restaurante Eleven > R. Marquês Fronteira Jardim Amália Rodrigues, Parque Eduardo VII, Lisboa > T. 21 386 22 11 > qui 18h30-21h > Porto Palácio Hotel > Av. da Boavista, 1269, Porto > T. 22 608 6600 > The Artist Porto Hotel & Bistrô > R. da Firmeza, 49, Porto > T. 22 013 2700 > The House Ribeira > R. do Infante D. Henrique, 26, Porto > T. 22 011 9006 > Crowne Plaza Porto > Av. da Boavista, 1466, Porto > T. 22 607 2500

A escultura de Julião Sarmento acaba de integrar o Mapa de Arte Pública do Porto

A escultura de Julião Sarmento acaba de integrar o Mapa de Arte Pública do Porto

Miguel Nogueira

4. Passeios pela arte pública, Porto

A escultura de Julião Sarmento Self-portrait as a fountain, inaugurada, há poucos dias, nos jardins da Nova Sintra, é uma das obras a integrar a Rota da Água, um dos cinco percursos temáticos a fazer parte do novíssimo Mapa de Arte Pública do Porto. À Rota da Água juntam-se outras quatro, cada uma com dez obras a visitar: as rotas Histórica, das Letras, Escola das Belas Artes e Arte Contemporânea, que convidam a percorrer, livremente, a cidade, à descoberta da arte. Ao todo, o mapa propõe uma viagem por 219 esculturas e painéis de arte pública. Sobre a sua obra, Julião Sarmento contou ter feito “um jogo de palavras e um jogo de imagens”. “Passei [a uma fase tridimensional] o autorretrato do Bruce Nauman, continuei a chamar-lhe autorretrato, mas é uma mulher em vez de ser eu”, disse o artista plástico durante a inauguração. A criação de um museu ao ar livre na cidade, um dos objetivos deste mapa, prossegue o projeto iniciado por Paulo Cunha e Silva, vereador da cultura, falecido em 2015.

O Polo Cultural Gaivotas acolhe uma intensa programação gratuita

O Polo Cultural Gaivotas acolhe uma intensa programação gratuita

5. Cultura ao Lusco-Fusco, Lisboa

Em Lisboa, a segunda edição do Lusco-Fusco leva, até setembro, projeções de filmes, performances teatrais, uma micro-exposição, jantares de gastronomia e visitas guiadas ao Polo Cultural Gaivotas-Boavista (na R. das Gaivotas, 8). Serão projetados os filmes O Céu Gira, de Mercedes Álvarez (26 jul), Cordão Verde, de Rossana Torres e Hiroatsu Suzuki, Zéfiro, de José Álvaro Morais (2 ago), Mónica e o Desejo, de Ingmar Bergman (9 ago), Entretanto, de Miguel Gomes, Maria do Mar, de João Rosas (16 ago) e Partie de Campagne, de Jean Renoir (23 ago). O Teatro Praga apresenta Max e René, um projeto de teatro desenvolvido a partir de um texto inédito de José Maria Vieira Mendes (5 ago e 2 set). Também o Teatro do Elétrico leva a comédia A Noite de Dona Luciana ao palco do Polo das Gaivotas (18 set). Há ainda lugar para a música de Norberto Lobo (20 jul, 19h) e Éme (14 set, 19h). E também para conhecer por dentro este centro para a criação artística, em visitas guiadas que acontecem no último sábado de cada mês (19 jul, 26 ago, 30 set, 11h). Todas as atividades são de entrada livre, à exceção dos jantares-concertos (€15 com prato, bebida e sobremesa), em que o chefe Nuno Carrusca interpreta pratos típicos de gastronomia cabo-verdiana (10 ago) e indiana (21 set).

Polo Cultural Gaivotas / Boavista > R. das Gaivotas, 8, Lisboa > T. 21 817 2600 > até final set

6. Cinema gratuito, Lisboa e Porto

Até ao final de agosto, a Junta de Freguesia de Santo António, em Lisboa, organiza sessões de cinema ao ar livre no Jardim das Amoreiras (jul) e no Jardim do Torel (ago). Este mês, exibem-se ainda Chorus Line (22 jul) e Blue Skies (29 jul). Em agosto, valerá a pena (re)ver Kurt Russel em As Aventuras de Jack Burton nas Garras do Mandarim (4 ago), Crocodilo Dundee e Eduardo Mãos de Tesoura (25 ago). Também na Casa da Achada, no Centro de Mário Dionísio, em Lisboa, às segundas, sempre às 21h30, o ciclo de cinema Terceira Idade exibe e debate vários filmes. Até 25 de setembro, passam, entre outros, Amor entre Ruínas, de George Cukor (24 jul), Vou para Casa, de Manoel de Oliveira (7 ago), Saraband, de Ingmar Bergman (14 ago) e De Hiroshima a Fukushima, de Marc Petitjean (18 set). O Doc no Largo, iniciativa do DocLisboa regressa ao Largo do Intendente a 10 de agosto para a exibição do filme A Cidade Onde Envelheço, de Marília Rocha. Já ao Porto regressa o ciclo Cinema Fora do Sítio, em agosto, embora o horário e o programa esteja ainda por definir.

Cinema no Verão > Jardim das Amoreiras (jul), Jardim do Torel (ago), Lisboa > até 31 ago, sáb 21h30 > Casa da Achada > R. da Achada, 11, Lisboa > T. 21 887 7090 > até 18 set, seg 21h30

O Jardim do Torel, em Lisboa, tem cinema ao ar livre em agosto

O Jardim do Torel, em Lisboa, tem cinema ao ar livre em agosto

Fernando Negreira

7. Música às sextas, Lisboa

Em Lisboa, o ciclo de concertos Noites de Verão ocupa o Jardim dos Coruchéus, em Alvalade, e o Jardim das Esculturas do Museu Nacional de Arte Contemporânea do Chiado, às sextas (19h30). Com entrada livre, o programa produzido pela associação cultural Filho Único quer divulgar projetos que trabalhem a partir de “critérios construtivos de produção artística” portugueses e estrangeiros. É o caso dos portugueses Volúpia das Cinzas (14 jul) e dos Vai à Praia & As rainhas do Baile (28 jul), ou dos norte-americanos Hieroglyphic Being (21 jul) que atuam este mês no Jardim dos Coruchéus. Em agosto, já no Jardim das Esculturas do Museu Nacional de Arte Contemporânea do Chiado, atuam os portugueses Ricardo Rocha (4 ago), Calhau! (18 ago), Primeira Dama (25 ago) e, pelo meio, o italiano Gigi Masin (11 ago).

Noites de Verão > Jardim dos Coruchéus (jul), Museu Nacional de Arte Antiga (ago) > sex, 19h30