Visão Sete

Siga-nos nas redes

Perfil

Sete sugestões para comemorar o Dia Mundial da Poesia em Lisboa

Sair

  • 333

Esta terça-feira, 21, assinala-se o Dia Mundial da Poesia, uma oportunidade para relembrar o inesgotável poder da palavra e revisitar alguns dos autores que marcaram a literatura portuguesa e internacional

O Centro Cultural de Belém presta tributo a Mário Cesariny

O Centro Cultural de Belém presta tributo a Mário Cesariny

Gonçalo Rosa da Silva

1. Tributo a Mário Cesariny

O Centro Cultural de Belém optou por passar as comemorações do Dia Mundial da Poesia para o fim de semana: no sábado, 25, organiza um tributo à memória do poeta Mário Cesariny, com um conjunto de atividades que incluem conversas sobre o autor, maratonas de leitura, concertos, oficinas para os mais novos, e a dupla de sessões Diga Lá um Poema (declamação de poemas conhecidos e autorais) e Faça Lá um Poema (entrega de prémios da competição para alunos de 1.º ciclo).

Centro Cultural de Belém > Pç. do Império, Lisboa > T. 21 361 2400 > 25 mar, sáb 14h-19h > grátis

2. Terças de Poesia Clandestina

De Alfama, passando pela Faculdade de Ciências Sociais e Humanas e chegando recentemente ao Cais do Sodré, esta inciativa independente criada e gerida por estudantes tem crescido a ritmo galopante, conquistando mais adeptos a cada edição. Realizadas quinzenalmente, as Terças de Poesia Clandestina misturam declamações, debates e música para homenagear autores clássicos com uma mão enquanto impulsionam novos talentos com a outra, num ambiente marcado pela descontração. Na sessão desta terça, 21, no Titanic Sur Mer, haverá uma performance de Rita Barbita, honras à poesia de Abel Neves e prosa de Raul Brandão, e uma conversa com Vítor Pena Viçoso sobre o legado deste último na literatura portuguesa.

Titanic Sur Mer > Cais da Ribeira Nova, Lisboa > T. 93 245 9860 > 21 mar, ter 21h30 > €1

3. Feira do Livro de Poesia

Com um dia inteiro de atividades, a Casa Fernando Pessoa organiza duas leituras de poesia, que incluem, à tarde, declamações por Gonçalo Waddington, Carla Maciel e Vasco Gato, uma oficina para escolas durante a manhã, uma visita temática sob o lema Amor + Pessoa e, ainda, à noite, o concerto Ondula com um canto, guiado por um verso do poeta.

Casa Fernando Pessoa > R. Coelho da Rocha, 16, Lisboa > T. 21 391 3270 > 21 mar, ter 11h-22h > grátis (concerto €8)

4. Encontro Ibero-Americano de Poesia

A Casa da América Latina preenche a semana inteira com poesia, aproveitando a ocasião para inaugurar o Encontro Ibero-Americano de poesia: leituras, debates e concertos em torno da obra lírica de alguns dos mais importantes poetas ibero-americanos. Nesta terça, 21, há declamações por Rafael Courtoisie, Ozias Filho, Jorge Rei Sá e Nuno Júdice, com moderação de Nicolau Santos, numa iniciativa que decorre ainda no Centro Cultural de Belém e na Faculdade de Ciências Sociais e Humanas, da Universidade Nova de Lisboa.

Casa da América Latina > Av. da Índia, 110, Lisboa > T. 21 817 2490 > 21-25 mar, ter-sáb > grátis

5. Tempos de Poesia

No ostentoso edifício da Igreja e do Museu de São Roque, esta inciativa pretende fomentar o gosto pela poesia e dar a conhecer o trabalho de alguns dos mais conceituados autores portugueses. Entre os poetas destacados, contam-se Fernando Pessoa, Sophia de Mello Breyner, Luís de Camões e a Marquesa de Alorna, entre outros, homenageados em quatro sessões ao longo do dia.

Museu de São Roque > Lg. Trindade Coelho, Lisboa > T. 21 323 5444 > 21 mar, ter 10h, 11h30, 14h, 16h > grátis

6. A nossa floresta através da poesia

Num desvio da programação dedicada inteiramente à lírica, o Museu Nacional de História Natural e da Ciência aproveita para celebrar, não só o Dia Mundial da Poesia, mas também aquele que é o Dia Internacional da Floresta. Numa programação que agrega as duas áreas, a instituição une esforços com o Jardim Botânico Tropical para proporcionar visitas guiadas e exposições temáticas, de um lado, e excursões pela vegetação ao som de poesia, por outro.

Museu Nacional de História Natural e da Ciência > R. da Escola Politécnica, 56/58, Lisboa > T. 21 392 1800 > Jardim Botânico Tropical > Lg. dos Jerónimos, Lisboa > T. 21 392 1850 > 21 mar, ter 10h-16h30 > grátis (mediante inscrição prévia)

7. Tisanas, de Ana Hatherly

O Chapitô aproveita a data para homenagear uma figura do mundo poético: Ana Hatherly, poetisa e autora portuense, falecida em 2015. Na noite de terça-feira, 21, acolhe-se a leitura encenada e musicada das Tisanas da escritora por André Gomes, com música de Joana Gama e Luís Fernandes, no Centro de Documentação Luiza Neto Jorge/Bartô.

Chapitô > Costa do Castelo, 1/7, Lisboa > T. 21 885 5550 > 21 mar, ter 21h > grátis

  • Um poema de amor, por Núria Madruga

    Ver

    No Dia Mundial da Poesia, que se celebra esta terça, 21, a atriz Núria Madruga diz, em exclusivo para a VISÃO Se7e, o poema Adeus, de Eugénio de Andrade: "Já gastámos as palavras pela rua, meu amor,/ e o que nos ficou não chega/ para afastar o frio de quatro paredes"