Visão Sete

Siga-nos nas redes

Perfil

O aconchego familiar do restaurante Casa de Pasto

Comer e beber

As novas sugestões do chefe de cozinha Hugo Dias de Castro, no restaurante Casa de Pasto, lembram os almoços de domingo em casa dos pais e dos avós

As entradas podem e devem ser partilhadas, como a cavala curada com cebolo tostado

As entradas podem e devem ser partilhadas, como a cavala curada com cebolo tostado

Mario Joao

Os torresmos em forma de pipocas chegam à mesa dentro de uma tacinha, para serem acrescentados ao creme de feijão-preto. Ouve-se o seu estalar quando caem no caldo e quando se leva a colher à boca. “Faz lembrar as sopas das nossas avós, é quentinho e, por isso, ideal para os dias frios de inverno”, diz Hugo Dias de Castro, o chefe que, em dezembro, assumiu a cozinha do restaurante Casa de Pasto, em Lisboa.

Neste primeiro andar, no Cais do Sodré, há agora uma nova ementa, a condizer com o ambiente de casa de família. Não é à toa que Hugo Dias de Castro, nascido há 27 anos em Guimarães, se recorda da comida da sua avó Sãozinha: “Não me ensinou a cozinhar, mas foi com ela que ganhei a paixão pela cozinha. É a melhor cozinheira do mundo”, conta o chefe que passou pelos restaurantes 100 Maneiras, Terraço do Hotel Tivoli, Tavares Rico e, entre outros, pelo Tabik, cuja cozinha chefiava antes de se mudar para a Casa de Pasto.

Nesta nova ementa, quase tudo remete para os almoços de domingo em casa dos pais e dos avós. As entradas podem e devem ser partilhadas: como a cavala curada com cebolo tostado (€10), de sabor intenso, ou as “Iscas com elas” (€6), uma reinterpretação do chefe que engrossa o molho com pedaços da própria isca cozinhada a baixa temperatura, e acrescenta fatias finas de pão torrado, pickles de cebolo e batata rato (mais carnuda).

Nos pratos principais, o bacalhau com couve e colagénio (€17) é, segundo Hugo Dias de Castro, “uma espécie de bacalhau com todos, que leva bacalhau, grão e couves numa terra de broa”. Já nos secretos com creme de laranja (€15), a surpresa está na textura da carne tenra, que é cozinhada a baixa temperatura e depois grelhada a carvão. Podem ser acompanhados por migas de grelos e pinhão (€3,50) ou arroz de miudezas (€3), por exemplo. A torta de cenoura com gengibre e chocolate branco (€6,50) faz prolongar a refeição que se quer sem pressas – e regada com um dos cocktails criados por Lucas Vilar

Casa de Pasto > R. de São Paulo, 20, Lisboa > T. 96 373 9979 > seg-sáb 12h30-15h, 20h-24h