Ricardo Araújo Pereira sobre os limites do humor: “Quando uma criança morre não tenho nada para dizer”
Iniciativas

Ricardo Araújo Pereira sobre os limites do humor: “Quando uma criança morre não tenho nada para dizer”

Passámos a noite com Ricardo Araújo Pereira e mais 860 pessoas que foram ao Multiusos de Tábua para participar em Uma Conversa Sobre Assuntos. Crónica de um serão em que se falou de tudo e de nada, sempre com muito humor