Marcelo, o papa-léguas: balanço da azáfama presidencial em 2016
Política

Marcelo condena "inequivocamente" o recurso à violência em Moçambique

O Presidente da República dispôs-se a ser um "filho devotado, um advogado empenhado, um parceiro estratégico e um irmão solidário". Para Nyusi, "os afetos não bastam"

Nyusi: "Uma democracia armada não é recomendável"
Política

Nyusi: "Uma democracia armada não é recomendável"

Para Marcelo, os amigos são para as ocasiões, mas o Presidente moçambicano afastou, para já, a necessidade de mediação entre a Frelimo e a Renamo