Imobiliário

Estadas dos nómadas digitais duram em média 2.5 meses

Portugal está na moda junto da comunidade de trabalhadores remotos criando oportunidades de negócio para quem trabalha com este segmento. A Flatio viu a sua atividade aumentar mais de 50%

Sociedade

Nómadas digitais podem candidatar-se ao novo visto lançado pelo Governo. Têm é de ganhar, pelo menos, €2 820 por mês

Nova legislação permite morar e trabalhar até um ano em Portugal. Quem se quiser candidatar deve apresentar o contrato de trabalho, comprovativo de residência fiscal e ter um rendimento médio mensal nos últimos três meses equivalente a pelo menos quatro vezes o salário mínimo nacional, ou seja, €2 820

Imobiliário

Viajar para fora do País sem sair do escritório

A aposta é do banco francês Natixis e a experiência está a ser feita nas suas instalações do Porto com o propósito de atrair e fixar talentos

Sociedade
Exclusivo

Passam por turistas, mas ocupam parte do dia a trabalhar. A vida dos nómadas digitais em Portugal (fora das cidades)

Levam o computador para a esplanada ou mesmo para a praia. Andam muitas vezes de prancha de surf debaixo do braço. Passam por turistas, mas ocupam parte do dia a trabalhar

Imobiliário

Quem quer arrendar a casa aos nómadas digitais?

O mercado de acolhimento dos trabalhadores remotos é lucrativo mas tem algumas especificidades. O CEO da Flatio deixa algumas dicas

Imobiliário

Airbnb integra Lisboa na lista dos melhores destinos para os nómadas digitais

A capital portuguesa está no radar dos nómadas digitais, uma tendência que se vai consolidar ainda mais com esta nova parceria

Exame Informática Semanal 232 Exame Informática
Exame Informática

Exame Informática Semanal 232

Nesta edição, teste aos novos topo de gama da Xiaomi, reportagem sobre a (boa) vida dos nómadas digitais e ensaio ao primeiro carro elétrico da Aiways em Portugal

Imobiliário

Casas de alojamento local arrendadas por períodos mais longos

A plataforma de arrendamento Spotahome cresceu na pandemia e tem mais de 6.000 casas em Lisboa e 2.500 no Porto

Imobiliário

Explosão de nómadas digitais revoluciona estadias no alojamento local

O teletrabalho está a fazer crescer o número de nómadas digitais. Segundo a Airbnb, uma em cada cinco noites reservadas na plataforma durante o terceiro trimestre de 2021 foi para estadias de 28 dias ou mais

Opinião

Investir em residencial alternativo é a nova norma

Em Portugal, 53% dos investidores quer aumentar a exposição a este setor e querem investir em pelo menos 3 segmentos do setor com especial enfoque em edifícios residenciais para arrendamento e residências para séniores

Imobiliário

"O conceito ‘work from home and surf from the office’ irá estar em alta em Portugal"

Sol, praia e qualidade de vida e a possibilidade do teletrabalho poderá ser a fórmula de sucesso para estimular a dinâmica imobiliária em Portugal, aponta a consultora Athena Advisers

Sociedade
Exclusivo

Famílias mudam-se para Bragança: Como é possível trabalhar (e viver bem) no interior transmontano

Durante um mês, quatro famílias deixaram Lisboa, Porto e Póvoa de Varzim, para viverem em Bragança. O projeto-piloto pretende atrair nómadas digitais e provar que é possível trabalhar (e viver bem!) no Interior transmontano

Imobiliário

Imobiliário pós-pandemia: o que vai estar em alta

Resorts, mercado de segunda habitação próximo das grandes cidades e casas para nómadas digitais estão entre as principais tendências