José Brissos-Lino

José Brissos-Lino

Doutorado em Psicologia e Especialista em Ciência das Religiões; Diretor do Mestrado em Ciência das Religiões na Universidade Lusófona; Coordenador do Instituto de Cristianismo Contemporâneo; Investigador do CLEPUL (Centro de Literaturas e Culturas Lusófonas e Europeias – Universidade de Lisboa) e do CIPES (Centro de Investigação em Política, Economia e Sociedade – Universidade Lusófona). Desenvolve há muitos anos intensa atividade em instituições culturais, humanitárias e de solidariedade social, algumas das quais fundou.
Opinião

Esperança de renovação

Em entrevista recente a um jornal o novo presidente da Conferência Episcopal Portuguesa disse claramente ao que vinha, sem rodeios, o que alimenta alguma esperança de renovação no catolicismo português

José Brissos-Lino
Opinião

A religião e os outros

Os profissionais de saúde são dos sectores da população mais atingidos pela Covid-19 em todo o mundo, quer pelo perigo de infecção quer pelas consequências do stresse. Mas há formas de combater essa vulnerabilidade emocional

José Brissos-Lino
Opinião

Os derrubadores

Quem anda a vandalizar e derrubar as estátuas de mercadores de escravos, colonizadores e até de missionários, como o padre António Vieira, não é moralmente superior aqueles que diaboliza, pela simples razão de que muitos dos que se notabilizaram por práticas hoje condenadas eram legais à época, socialmente aceites e apoiadas

José Brissos-Lino
Opinião

Quo vadis, América?

Os Estados Unidos são um grande país, e como todos os grandes países lida com enormes problemas. Mas a democracia dificilmente resiste à injustiça social reiterada

José Brissos-Lino
Opinião

Afinal, quem são os evangélicos?

A maior parte dos que falam de minorias religiosas como os evangélicos nada sabem sobre eles, incluindo políticos e jornalistas. Em Portugal constituem a maior minoria religiosa, e a World Evangelical Aliance conta com mais de 600 milhões de fiéis em todo o mundo

José Brissos-Lino
Secularismo na era da intolerância
Opinião

Fake religion

Para que uma falsificação faça sentido e seja bem-sucedida tem que juntar pelo menos duas condições. Antes de mais, o artigo a falsificar tem de estar presente no mercado e em segundo lugar tem que representar valor comercial. Ora, o mercado religioso existe e está bem de saúde, para desespero dos neo-ateístas

José Brissos-Lino
Opinião

Vamos chamar os bois pelos nomes?

O vírus toca a todos. Dizem que é democrático e que para ele todos somos iguais, mas também nesta matéria se verifica o velho princípio orwelliano de que existem uns cidadãos mais iguais do que outros

José Brissos-Lino
Opinião

Fé, comunidade e qualidade de vida

Um estudo mostra que praticar uma religião aumenta a felicidade e o envolvimento cívico. Mas parece ser sobretudo a inserção comunitária que garante a melhoria da qualidade de vida

José Brissos-Lino
Opinião

Sinais de discriminação?

Aparentemente nos últimos dias ter-se-ão acumulado sinais de discriminação entre cidadãos, por parte de governo e presidência da república, o que é inaceitável. Mas nem a oposição sai bem nesta matéria

José Brissos-Lino
Opinião

Profetadas

Com a base de apoio progressivamente reduzida, o presidente do Brasil estriba-se cada vez mais nos líderes religiosos do sector neopentecostal, fazendo tábua rasa do estado laico e promovendo uma perigosa promiscuidade entre política e religião, que só pode vir a dar mau resultado no futuro

José Brissos-Lino
Opinião

Do isolamento social ao deslaçamento social

Um dos perigos que nos espreitam no final da quarentena não é apenas a eventualidade de uma segunda onda viral. É também a possibilidade de passarmos do isolamento social ao deslaçamento social

José Brissos-Lino
Opinião

Um leão chamado Corona

Segundo um site de notícias fictícias, a Câmara Municipal de Vizela iria soltar trinta leões nas ruas para obrigar as pessoas a manterem-se dentro de casa. Disparate, dirão uns. Que bela ideia, pensarão outros. Mas a receita é velha como o rei Salomão

José Brissos-Lino
Opinião

Um tempo duas vezes suspenso

O tempo que estamos a viver está como que duplamente suspenso. Quer devido ao presente confinamento quer por se inscrever na época pascal. A dúvida é saber em que condições vamos sair disto

José Brissos-Lino
Deus já não cabe no espaço público?
Opinião

Esse Deus não é o meu!

Os fundamentalismos alimentam-se do medo, do drama e da desgraça. Muitos deles sobrevivem ainda do Antigo Testamento, a fase infantil da revelação divina na perspectiva cristã

José Brissos-Lino
Opinião

O Sétimo Selo 2.0

A pandemia Convid-19 parece ser a nova peste negra da Idade Média. Se antes a Igreja aterrorizava os fiéis com o inferno, agora correm o risco de despersonalização através do isolamento social

José Brissos-Lino
Opinião

A vez do teletrabalho?

Há males que vêm por bem. Talvez esta seja uma grande oportunidade para encarar a sério a questão do teletrabalho, nas profissões e funções que o permitam. E depois há imensas vantagens para todos, mas, entre outras medidas, isso passa por baixar significativamente os custos do acesso à internet para todos os cidadãos

José Brissos-Lino
Opinião

Coronavírus? E os gafanhotos, pá?

Anda tudo concentrado nesta quase pandemia do coronavírus que pouca atenção se presta à praga de gafanhotos que começou na África Oriental e se propagou à China, ameaçando com uma crise alimentar sem precedentes

José Brissos-Lino
Opinião

Terrapatetismo

Os terraplanistas estão ao nível dos amantes dos extraterrestres. As pessoas têm direito às suas alucinações mas, por favor, sejam higiénicos, tirem a Bíblia e a religião do assunto

José Brissos-Lino
Opinião

Afinal, a mãe do rock’n’roll era mulher, negra e cristã

Antes de Elvis, Little Richard, Johnny Cash, Carl Perkins, Chuck Berry ou Jerry Lee Lewis ela já era. A verdadeira mãe do rock’n’roll chamava-se Rosetta Tharpe e era negra, mulher e cristã

José Brissos-Lino
Opinião

E não é que os comunistas lutaram pela liberdade religiosa?

Preservar a memória histórica é um acto de sabedoria dos povos. Alguns sectores religiosos brasileiros que hoje odeiam os comunistas podem-lhes agradecer a sua decisiva contribuição para a Constituição de 1946, que garantiu a liberdade religiosa no país

José Brissos-Lino
Quer salvar o planeta? Então, pare de agir como se fossem amigos
Opinião

Os humanos e a Natureza: Uma relação dialógica

O ponto central da teologia cristã em matéria ambiental não é se o planeta tem recursos próprios infinitos ou sequer se possui uma capacidade auto-regeneradora insuspeitável ou não. A ecoteologia é muito mais profundo do que isso

José Brissos-Lino