Isabel Moreira

Isabel Moreira

Deputada do Partido Socialista
Opinião

Retirem-nos a liberdade – o abominável consenso

Uma sociedade que reage com alívio à restrição da sua liberdade, uma sociedade que normaliza o sobrevoo de drones, uma sociedade que não debate a restrição das suas liberdades, não anda bem

Isabel Moreira
Opinião

Racismo – Política reparadora

Assumir o combate antirracista como central é, além do mais, perceber que o seu contrário será – como se está a ver – o terreno fértil da extrema-direita. A extrema-direita sabe que os temas que usam animar o seu campo estão, em parte, tomados, pelo que descobriu a pólvora, 
o racismo, que é pólvora precisamente porque 
o racismo é real e só 
um alucinado a viver 
no país orgulhosamente só poderá ficar ofendido com o adjetivo

Isabel Moreira
Opinião

O bispo do Porto e a democracia

Um discurso de defesa das instituições não estaduais que passe pela diabolização do Estado social é um discurso extremista que se vira contra quem o profere

Isabel Moreira
PS: rever e continuar
Opinião

Em defesa da política e das ideologias

O aparente lugar neutro da não ideologia que levou a direita, em cada debate relevante, a acusar as esquerdas de se cristalizarem na ideologia e não “nas pessoas” – basta recordar a discussão sobre a Lei de Bases da Saúde – é todo um programa ideológico não confessado. E por isso perigoso

Isabel Moreira
"Os portugueses e as portuguesas não se deixaram enganar"
Atualidade

"Os portugueses e as portuguesas não se deixaram enganar"

"Precisamos de um governo para quatro anos", sublinha a candidata do PS e colunista da VISÃO, Isabel Moreira. Os primeiros comentários, ainda sem resultados definitivos, à vitória nas legislativas

Isabel Moreira
A onda reacionária
Opinião

A onda reacionária

Se a direita decente não se defende, é bom que a esquerda perceba que à primeira crise internacional que troque as voltas ao poder, há uma onda conservadora, populista e antidemocrática pronta para o Portugal dos pequeninos

Isabel Moreira
PS: rever e continuar
Opinião

PS: rever e continuar

Foi possível construir uma sociedade mais justa e inclusiva, do ponto de vista das políticas económicas e sociais – com contas certas – ao mesmo tempo que se removeram obstáculos legais incompreensíveis do ponto de vista científico e constitucional à felicidade de adultos e crianças

Isabel Moreira
Opinião

Crimes sexuais e crime de violência doméstica – mitos

É errada a perceção de que as mulheres são vítimas de crimes sexuais e do crime de violência doméstica porque a lei é má

Isabel Moreira
CDS já admite votar contra lei dos professores se não forem aceites condições
Opinião

Não foi o PS que mudou

O episódio dos professores foi o epílogo de uma direita perdida. PSD e CDS juntaram-se ao BE e ao PCP para darem a mão a Mário Nogueira, enganando os professores e violando a coesão social: mostraram de forma estridente o quanto mudaram

Isabel Moreira
Europeias e o medo da imigração – o CDS lançou o tema
Opinião

Europeias e o medo da imigração – o CDS lançou o tema

Talvez valha a pena perceber que Nuno Melo tem um problema de base: não identifica como português quem não lhe surge, no seu critério, com tal aparência. Não por acaso apelidou de “senegalês” um português

Isabel Moreira
Neto de Moura e Ivo Rosa
Opinião

Progresso e retrocesso - Europeias, já agora

Se há algo de positivo que podemos retirar das decisões machistas e misóginas do juiz Neto de Moura é a reação coletiva (maioritariamente) de repúdio

Isabel Moreira
O racismo dispensa aproveitamento político
Opinião

O racismo dispensa aproveitamento político

A pobreza e a exclusão étnica andam de mãos dadas e do alto do nosso privilégio branco não vemos as “favelas” portuguesas. Os défices sociais evidentes nestes espaços geram problemas criminais? Sim, mas os números revelam que a maioria desta população é pacífica

Isabel Moreira
PR ouve hoje os partidos e espera receber e indigitar primeiro-ministro
Opinião

O que escreveu Marcelo sobre o Ministério Público?

A lei que é aprovada pelo Parlamento não pode pôr em causa o âmago constitucional da autonomia do MP, mas é essa lei que a define, porque assim o quis a Constituição

Isabel Moreira
Opinião

Uma direita sem programa – Porquê?

Nessa aposta, a do discurso do medo, que é sempre um discurso de radicalização, a direita roubou espaço a si mesma. Não acertou uma. E por isso falhou no seu próprio papel

Isabel Moreira
Opinião

A violência doméstica como arma

Lutemos pela formação contínua de magistrados em matéria de igualdade de género; lutemos pela mudança de mentalidades desde a infância; nunca, mas nunca, usemos os números vergonhosos relativos à violência doméstica para fazer dela uma arma política capaz de disparar contra o Estado de Direito

Isabel Moreira
Opinião

Liberdade de expressão – um debate longo

No exercício da minha cidadania, uso a minha liberdade de expressão em contraposição à liberdade de expressão dos xenófobos e quejandos, exercendo individual e coletivamente pressão para os denunciar

Isabel Moreira
Opinião

CDS – quantos partidos?

Sei que me choca o apego que o CDS demonstra ao critério do sangue para a atribuição da nacionalidade (de resto, elogiando o péssimo caminho da Europa), sei que caio para trás quando o CDS se propõe a indemnizar as vítimas da descolonização

Isabel Moreira
Opinião

Da responsabilidade coletiva pelo Estado de direito

Quando se levantam suspeitas sobre alguém, o nosso dever é ficarmos firmes ao lado da defesa das garantias do processo penal e da presunção da inocência, independentemente do juízo pessoal que a cada momento façamos sobre cada caso

Isabel Moreira
Opinião

Partido Socialista

Tenho para mim que o PS, no futuro, deve manter-se afastado de compromissos com quem foi contra o SNS e que, neste momento, defende uma política ultraliberal da economia e moralista do indivíduo

Isabel Moreira
Opinião

A associação dos médicos católicos, Marcelo e as pessoas de carne e osso

Se a transexualidade não é doença, os médicos não têm de intervir na definição de quem somos

Isabel Moreira
Desligar a máquina não é eutanásia
Opinião

Da constitucionalidade da eutanásia e da liberdade negativa do Adolfo

O Estado não pode ser paternalista e interferir nos planos de vida de cada pessoa, impondo um modelo único de “pessoa”. O Estado não pode rejeitar a autonomia das pessoas para fazerem as suas escolhas pessoais de acordo com os seus valores, ou, caso contrário, teríamos uma conceção moral dominante imposta ao resto da sociedade

Isabel Moreira