10 novos hotéis que abriram de norte a sul de Portugal em 2022

10 novos hotéis que abriram de norte a sul de Portugal em 2022

São dez escolhas no universo da hotelaria que inauguraram em Portugal em 2022. Douro, Alentejo, Lisboa, Ericeira, para uma noite a dois, umas férias em família ou sair à noite (sim, existe), é escolher uma das novidades desta lista.

Por: Florbela Alves, Mariana Correia de Barros, Sandra Pinto, Susana Lopes Faustino, Susana Silva Oliveira

Immerso 
Ericeira 
À Ericeira, destino por excelência de amantes do surf, faltava um hotel cinco estrelas. O Immerso, inaugurado este verão, veio preencher essa lacuna, com um projeto lindíssimo, integrado na paisagem, onde o luxo está nos pequenos detalhes: de serviço, de decoração e de conforto. É uma aposta familiar com selo português, inicialmente pensada para ser uma guesthouse, mas que cedo cresceu para um edifício moderno, onde as linhas do mar se refletem nos interiores, trabalho arquitetónico de Tiago Silva Dias, integrado num vale verdejante, com a Praia de São Lourenço ao fundo, a pedir uma caminhada. Há 37 quartos de diferentes categorias, um spa com sauna, banho turco e banho sensorial, salas de massagens e tratamentos com a marca Vinoble Cosmetics, uma piscina exterior e dois restaurantes com consultoria do chefe Alexandre Silva, onde os produtos do mar, os vegetais e a técnica do fogo estão bem presentes. Os artesãos portugueses estão representados em diversas peças espalhadas pelo hotel, como os painéis de Diana Cunha, as peças em gesso de Iva Viana e os ouriços de madeira de Paulo Reis (curiosidade: designer d’A Nossa Prima).  
Rua Bica da Figueira, Santo Isidoro / 261 104 420 / quartos a partir de €280 

O Immerso tem 37 quartos, um restaurante com consultoria do chefe Alexandre Silva e um belíssimo spa. Fotografia: Francisco Nogueira

Ryokan 
Viseu 
A primeira hospedaria típica japonesa do nosso País abriu discretamente na rua que, em tempos, foi a mais comercial da cidade, a Rua Direita. Na receção, chamam à atenção os dois relógios a indicarem a hora portuguesa e a do Japão. Um chá verde é oferecido à chegada, enquanto é pedido que se troquem os sapatos por uns chinelos “para que sintam em casa”, explica uma das mentoras do projeto, Tânia Bernardo. Com uma decoração minimalista, os sete quartos duplos dispõem de camas com um colchão futon (feito em algodão), chão forrado com tatami (tapete de palha entrelaçada) e um yukuta (kimono) para cada cliente vestir. Um spa com sauna a recriar um onsen (banhos termais japoneses), e uma fatia de kasutera (pão de lá japonês) servido ao pequeno-almoço levarão qualquer um até ao Oriente. 
Rua Direita, 143 / 91 387 1419 / quartos a partir de €80 

O primeiro ryokan do país replica a experiência de dormir num tradicional hotel japonês. Fotografia: Lucília Monteiro

Aethos 
Ericeira 
Edificado no topo de um penhasco e, como tal, com uma belíssima vista para o mar, o novíssimo Aethos, do grupo internacional homónimo, inaugurou no outono na Ericeira, com um conceito que junta bem-estar, surf e luxo. Casam? Muitíssimo bem. A arquitetura e o design de interiores são totalmente modernos, pensados pelo gabinete de Barcelona Astet Studio e pelo arquiteto português Luís Pedra Silva, numa junção de cores quentes, do azul Atlântico – a seguir a linha da paisagem – , com madeiras, pedras e mármore. Tem 50 quartos de diferentes tipologias, um spa com hamman, piscina, ginásio e serviço de massagens, aulas de ioga e também de surf, para diferentes níveis. As zonas comuns estão cheias de recantos mais sossegados, sendo obrigatória uma pausa no deck exterior, com acesso direto ao restaurante ONDA, onde a cozinha criativa com produtos frescos e locais (peixe e bons vegetais) se destaca.   
Rua da Estalagem, Encarnação / 261 244 510 / quartos a partir de €200 

Ae cores do edifício e da decoração refletem a paisagem da Ericeira. Fotografia: Francisco Nogueira

Hotel das Amoreiras 
Lisboa 
O homem sonha, a obra nasce. Com muito trabalho pelo meio e, reconhece Pedro Oliveira, o fundador, “um quê de loucura”. Fascinado pela hotelaria desde novo, entrou, conheceu e usufruiu de dezenas de hotéis pelo mundo fora – tantos quantos o trabalho na banca, quase sempre no estrangeiro, o permitiu. Quando decidiu voltar com a mulher, Alicia Valero e os filhos para Lisboa, apostou num projeto próprio, em dois edifícios recuperados no encantador Jardim das Amoreiras. Chamou-lhe, claro, Hotel das Amoreiras. Com 19 quartos, dois deles suítes, este boutique hotel é um reduto de sofisticação e elegância, a fazer lembrar uma casa de campo inglesa, cheia de bonitos detalhes, todos pensados por Pedro. Desenhou móveis, comprou fotografias para as paredes dos corredores, estudou até a posição das tomadas e o resultado nota-se nos pormenores. Tem um pequeno-almoço de luxo, serviço à lá carte e aberto a passantes. E, seguindo o exemplo do dono, vale a pena aqui passar. E entrar. 
Praça das Amoreiras, 34 / 21 163 3710 / quartos a partir de €250 

O bar do Hotel das Amoreiras, com um poster de James Bond, da coleção do fundador, Pedro Oliveira. Fotografia: Francisco Nogueira

The Vine House  
Tabuaço 
Na Quinta São Luiz, perto do Pinhão, uma casa de família foi reconvertida em alojamento. Um lugar com uma vista do outro mundo para as vinhas e o rio Douro. E a dois passos do troço mais cénico da Estrada Nacional 222, pincelado por incontáveis tons de verde. Erguida num socalco, a The Vine House tem 11 quartos, batizados com nomes das parcelas de origem da propriedade, e vistas largas para as margens do rio. A diferença está também no ambiente acolhedor, nas cores suaves, madeiras texturadas e pormenores sofisticados. Ou seja: nas fotografias a preto e branco, no azulejo cor de vinho ou nas diversas experiências, como o piquenique nas vinhas. Mas são, especialmente, as varandas e o terraço rasgados sobre a paisagem vinhateira e as curvas do rio que deslumbram. 
EN 222, Adorigo / 254 407 965 / quartos a partir de €120 

O exterior fala por si: um Douro cénico

CASA VILLAE 1255 
Sátão  
A Quinta da Taboadella, no Dão, reconverteu uma casa senhorial em pedra, em alojamento. A Casa Villae 1255 (a data remete para o ano em que foram encontrados os primeiros registos da quinta com 41 hectares, em Silvã de Cima, adquirida pela família Amorim em 1998), só pode ser alugada por inteiro para que melhor se vivencie o Dão. Com rés do chão e dois pisos, tem oito quartos com casa de banho privativa, um dos quais com seis camaratas, pensado para crianças (contas feitas, a casa tem capacidade para 19 pessoas), várias salas de estar, uma grande cozinha equipada, onde é deixado um cesto com mercearia de boas-vindas, e uma cave de vinhos. A decoração de interiores foi pensada ao pormenor por Ana Vale, por forma a contar a história do lugar: bancos, cadeiras e fundos de cama feitos das típicas mantas de papa produzidas em Maçaínhas, serra da Estrela; peças em burel, cerâmicas de Maria do Amparo; antigos louceiros de madeira e leiteiras em zinco. A pedido, servem um brunch ou um menu de degustação, na longa mesa da sala decorada com um painel têxtil assinado pela João Bruno Design. 
Silvã de Cima / 232 244 000 / 96 711 6877 / €3 000/casa para 19 pessoas (duas noites) 

Uma casa onde cabem até 19 pessoas, e onde o vinho também está em destaque

Palácio Ludovice Wine Experience Hotel 
Lisboa 
Os tetos em reboco, as janelas bordadas a pedra, as paredes de azulejos azuis e brancos e a escadaria majestosa ajudam a contar a história deste palacete, edificado no século XVIII, em 1747, que foi residência de João Frederico Ludovice, arquiteto do rei D. João V e responsável pelo Convento de Mafra. Defronte do Elevador da Glória e do Miradouro de São Pedro de Alcântara, o edifício sobrevivente ao terramoto de 1755 foi transformado em hotel de luxo pelo arquiteto Miguel Câncio Martins. O Palácio Ludovice Wine Experience Hotel conta com 61 quartos e suítes, ora com vista para o jardim vertical ora para Lisboa e o seu casario. Há vários recantos que merecem uma visita: o bar de cocktails clássicos e de autor, com entrada independente, o day spa da marca francesa Caudalie, na porta ao lado, onde é possível fazer tratamentos faciais e corporais baseados na vinoterapia, a loja do Instituto do Vinho do Porto, dedicado à promoção dos vinhos produzidos no Douro, e o restaurante Frederico, com uma ementa dedicada aos sabores portugueses e franceses. 
Rua de São Pedro de Alcântara, 39-49 / 21 151 3850 / quartos a partir €220  

O projeto de arquitetura deste cinco estrelas no coração de Lisboa é de Miguel Câncio Martins

Casa do Gadanha 
Estremoz 
Em Estremoz, os donos da célebre Mercearia do Gadanha abriram um turismo de habitação, onde o conforto se alia à gastronomia. Michele Marques e o sócio, Mário Vieira, abriram a Casa do Gadanha, numa das ruais mais centrais da cidade, com 12 quartos, todos diferentes entre si. Fica num edifício senhorial, característico da região, e da casa original, manteve-se o que foi possível salvar: algumas portas com vidros de várias cores, os azulejos que vemos em várias zonas, as pias em mármore e as grades em ferro, entre outros pormenores. Tudo o que foi posto de novo é “o mais local possível”, escolhido a dedo por Michele, por forma a dar o máximo de conforto aos hóspedes. Ruben Trindade Santos, marido de Michele e também ele chefe de cozinha, faz questão de preparar os pequenos-almoços, servidos numa sala de estar luminosa; no terraço, com vista para a cidade, há uma carta de snacks e bebidas e no restaurante, no rés do chão da casa e com grandes janelas para a rua, dá-se o pecado da gula, numa cozinha de partilha com bom produto alentejano. 
Rua Vasco da Gama, 2-6 / 268 249 790 / a partir de €140 (restaurante: qui-seg 12h30-15h, 19h30-22h30) 

Na Casa do Gadanha aposta-se no conforto, nos produtos locais e numa cozinha de partilha. Fotografia: Álvaro Isidoro

Mama Shelter  
Lisboa 
Escolha-se um quarto de tamanho S, M ou L, entre os 130 disponíveis, e é sempre certo que a surpresa fará parte da estada no irreverente Mama Shelter Lisboa, perto do Largo do Rato, o primeiro hotel em Portugal da cadeia francesa Mama Shelter. Nos quartos, as máscaras de Homem-Aranha e de Darth Vader convidam à diversão, há um duche, onde cabe mais do que uma pessoa, e a televisão disponibiliza filmes gratuitos, incluindo para adultos. Assume-se “um restaurante com quartos por cima” e a decoração deixa-nos de cabeça no ar, seja pelo teto desenhado pelo artista francês Beniloys, seja pelas colunas com azulejos da Viúva Lamego. O restaurante é ponto de encontro de hóspedes e passantes, assim como o rooftop que, de forma informal e animada – é esse o espírito do Mama –, socializam entre um prato de Mama’s Coquillette, um cocktail António Variações e um jogo de matraquilhos.  
Rua do Vale Pereiro, 19/ 21 054 9899 / a partir de €89 (sem pequeno-almoço) 

No Mama Shelter de Lisboa aposta-se na diversão. Fotografia: Francis Amiand

São Brás do Regedouro  
Évora 
A 20 quilómetros de Évora, na pequena aldeia de São Brás do Regedouro, onde ainda residem 70 pessoas, há um projeto turístico que convida a viver o espírito daquela comunidade alentejana. “A primeira coisa que fizemos foi reunir com os habitantes para nos conhecermos e explicar qual era a nossa ideia”, contam Vítor Ribeiro e o filho, Ricardo, que recuperaram 15 casas e as transformaram para turismo (dez T1, dois T0 e três T2), seguindo a traça original e mantendo os pormenores que as tornam diferentes entre si. As casas estão dispersas pela aldeia, onde há um forno comunitário, em que se fazem workshops de pão, e um tanque, ideal para uma pessoa se refrescar no verão. No exterior, há esculturas em ferro de António Tomás, canteiros com ervas aromáticas, árvores de fruto, caminhos para descobrir a pé e duas antigas cabanas onde se conta a história e a riqueza da terra.  
São Brás do Regedouro, Évora / 92 649 4291 / quartos a partir €85 

Turismo de aldeia onde tentam manter o espírito comunitário

CAPA DA EDIÇÃO

Mais na Visão

Mais Notícias

Lisboa começa a produzir unicórnios a partir de… hoje

Lisboa começa a produzir unicórnios a partir de… hoje

Paixão pela tauromaquia leva Victoria Federica de Marichalar a receber prémio:

Paixão pela tauromaquia leva Victoria Federica de Marichalar a receber prémio: "É uma bonita herança que recebi da minha família"

Não contem comigo!

Não contem comigo!

Vinte e um municípios com 6,9ME para recuperar áreas ardidas

Vinte e um municípios com 6,9ME para recuperar áreas ardidas

Para evento em Alicante, Letizia recupera vestido que estreou há um ano em Viena

Para evento em Alicante, Letizia recupera vestido que estreou há um ano em Viena

VEXAS: Devemos estar atentos a esta nova e ainda misteriosa doença inflamatória?

VEXAS: Devemos estar atentos a esta nova e ainda misteriosa doença inflamatória?

YouTuber deixou o seu peixe jogar Switch. Peixe gastou dinheiro na eShop e revelou dados de cartão de crédito

YouTuber deixou o seu peixe jogar Switch. Peixe gastou dinheiro na eShop e revelou dados de cartão de crédito

Soap Brows: a tendência de sobrancelhas do momento

Soap Brows: a tendência de sobrancelhas do momento

Stand-up comedy: O palco é deles e delas

Stand-up comedy: O palco é deles e delas

Em “Sangue Oculto”: João impede que Benedita fuja do hospício

Em “Sangue Oculto”: João impede que Benedita fuja do hospício

Projeto Serra: Estas camisolas nasceram do amor à montanha

Projeto Serra: Estas camisolas nasceram do amor à montanha

Comissão de Avaliação dá parecer favorável à mina de lítio em Montalegre

Comissão de Avaliação dá parecer favorável à mina de lítio em Montalegre

M.Ou.Co, no Porto: Um hotel embalado pela música

M.Ou.Co, no Porto: Um hotel embalado pela música

Para evento em Alicante, Letizia recupera vestido que estreou há um ano em Viena

Para evento em Alicante, Letizia recupera vestido que estreou há um ano em Viena

O marsupial que deixa de dormir para procriar - e que por causa disso morre mais cedo

O marsupial que deixa de dormir para procriar - e que por causa disso morre mais cedo

A reação ternurenta de Kate quando lhe pediram uma 'selfie'

A reação ternurenta de Kate quando lhe pediram uma 'selfie'

Fevereiro na CARAS Decoração

Fevereiro na CARAS Decoração

Quem trabalha na televisão?

Quem trabalha na televisão?

12 filmes para ver em casa com os miúdos

12 filmes para ver em casa com os miúdos

Ponta Delgada passa a dispor de serviço de atendimento urgente

Ponta Delgada passa a dispor de serviço de atendimento urgente

Intergift, em Espanha, abriu portas com Portugal bem representado

Intergift, em Espanha, abriu portas com Portugal bem representado

As famílias que têm 10% do PIB. A história, o poder e as fortunas dos portugueses mais ricos

As famílias que têm 10% do PIB. A história, o poder e as fortunas dos portugueses mais ricos

Downloads cósmicos

Downloads cósmicos

Daniela Ruah venceu

Daniela Ruah venceu "Dança Comigo" há 16 anos... e perdeu a saia na final!

Moda: Esquiar com estilo

Moda: Esquiar com estilo

Georgina vai às compras

Georgina vai às compras

CARAS Decoração de fevereiro: conforto é o novo luxo

CARAS Decoração de fevereiro: conforto é o novo luxo

Sarah Jessica Parker e a sua mensagem sobre o envelhecimento

Sarah Jessica Parker e a sua mensagem sobre o envelhecimento

Quando a arte desaparece

Quando a arte desaparece

VOLT Live: o efeito da descida dos preços dos Tesla

VOLT Live: o efeito da descida dos preços dos Tesla

O creme de que Victoria Beckham não abdica e que é ótimo para este tempo frio e seco

O creme de que Victoria Beckham não abdica e que é ótimo para este tempo frio e seco

Massandra 1949: uma viagem pela História das Guerras

Massandra 1949: uma viagem pela História das Guerras

Ataques destrutivos, um novo WannaCry e apagões de satélites. Eis as previsões de cibercrime da Kaspersky

Ataques destrutivos, um novo WannaCry e apagões de satélites. Eis as previsões de cibercrime da Kaspersky

Stéphanie do Mónaco, a 'princesa rebelde', celebra 58 anos

Stéphanie do Mónaco, a 'princesa rebelde', celebra 58 anos

Ministério Público acusa bastonária dos Enfermeiros e poupa deputado do PS e anterior bastonário

Ministério Público acusa bastonária dos Enfermeiros e poupa deputado do PS e anterior bastonário

Livros: 7 novidades e um passatempo

Livros: 7 novidades e um passatempo

Samsung Galaxy S23 Ultra em teste: Que câmara!

Samsung Galaxy S23 Ultra em teste: Que câmara!

José Milhazes:

José Milhazes: "Estaline e Hitler são irmãos gémeos"

Federação Nacional dos Médicos marca greve nacional para 08 e 09 de março

Federação Nacional dos Médicos marca greve nacional para 08 e 09 de março

VOLT Live: como serão os custos dos carregamentos em 2023

VOLT Live: como serão os custos dos carregamentos em 2023

Conheça as empresas distinguidas nas 1000 PME

Conheça as empresas distinguidas nas 1000 PME

Maior avião elétrico e a hidrogénio voa durante dez minutos no Reino Unido

Maior avião elétrico e a hidrogénio voa durante dez minutos no Reino Unido