OBSIDIAN: a nova marca que vai ao encontro do corpo das mulheres

OBSIDIAN: a nova marca que vai ao encontro do corpo das mulheres

As boas histórias por vezes levam tempo a nascer. E é esse o caso da OBSIDIAN. Cláudia Vieira e Gabriela Pinheiro são amigas dentro e fora do trabalho há vários anos – curiosidade: é Gabriela quem veste Cláudia desde o programa Ídolos – e já há alguns anos tinham vontade de arquitetar uma marca própria de roupa. “Passamos a vida em lojas”, diz Cláudia, “e nem sempre o que funciona bem no manequim, fica bem no corpo”, acrescenta Gabriela. “Com esta marca, queremos sobretudo ir ao encontro do corpo das mulheres”, retorna a atriz.

Em 2019 arregaçaram as mangas e alinhavaram as primeiras ideias. Houve outros projetos pelo meio, uma pandemia e a entrada de outra mulher a bordo, Raquel Vasconcelos. “Precisávamos de alguém que pusesse gasolina no motor. O processo demorou a arrancar, mas foi bom para agilizar a nossa relação de três mulheres”, diz Gabriela. Três mulheres fortes, sublinhe-se.  

Ideias, planos, nome, fornecedores, tecidos, logística, site, não necessariamente por esta ordem, a OBSIDIAN foi lançada oficialmente a 13 de outubro, com uma apresentação da primeira coleção cápsula, no Portugal Fashion. “Para esta primeira coleção encontrámos o xadrez, um padrão criado para nós em exclusivo”, conta Gabriela. Produzem poucas peças de cada modelo, uma forma de manter a marca com um pé na sustentabilidade e outro na exclusividade.  

Estrearam-se com 11 peças de roupa, a maioria dentro dos xadrez de cores vivas, com calças, blazers, um top, um casaco comprido, uma minissaia, as duas últimas cruzar as duas cores de xadrez da marca, todas feitas de poliéster reciclado; e quatro t-shirts básicas de algodão supima, “de qualidade superior, muito macio”, explicam. “Acho que o casaco é assim a nossa peça statement, que pode ser usado em tudo. Ajuda a dar personalidade mesmo a quem é mais acanhado”, descreve Cláudia.”

O xadrez em tons vivos é um padrão exclusivo da OBSIDIAN. © Pedro Ferreira

São essencialmente peças intemporais, porque a OBSIDIAN aposta na durabilidade. “Vamos ensinar a cuidar das peças, a lavá-las da forma correta para se manterem em bom estado.” Aproveitando a profissão de Gabriela, querem deixar propostas de styling das roupas, nas redes sociais, por exemplo. “Como usar, como conjugar, não só estas roupas da primeira coleção, como as que fizermos para as coleções seguintes. Ensinar a jogar umas com as outras. É preciso frisar: ‘não abandone as suas peças’”, ri Gabriela. “Temos algumas mais neutras, outras mais alegres, a ideia é também completar com o que já se tem em casa”, continua Cláudia. 

Produzidas em fábricas portuguesas, pela mão de mulheres, as roupas nascem de um processo de troca de ideias do trio OBSIDIAN. Criam-se esboços iniciais, ainda que só nas mentes das três responsáveis, e só depois são transferidas para o papel e para os tecidos por alguém mais técnico dentro da fábrica. “Eu faço o fitting, mas a roupa não é para um corpo igual ao meu, tem de vestir bem nos diversos corpos”, explica Cláudia.  

Cláudia Vieira, Gabriela Pinheiro e Raquel Vasconcelos vestidas com as t-shirts de algodão supima da marca. © Pedro Ferreira

Obsidiana, em português, é uma rocha ígnea de vidro vulcânico. “É um nome que vem da natureza, que mistura a energia de um vulcão, com a fragilidade do vidro. Toca o ADN da marca e das mulheres”, explica Gabriela A primeira coleção cápsula da OBSIDIAN já está à venda e a segunda a ser pensada. “Não queremos ser uma marca de fast fashion. Queremos que as peças vivam o resto da vida, se mantenham no guarda-roupa”, diz Gabriela. E que ideias virão aí? “Por enquanto é uma marca de roupa. Mas são três cabeças de mulheres que nunca param. Não nos queremos limitar”, rematam. 

As peças estão à venda em www.obsidian.pt, na Loja das Meias das Amoreiras e do Porto e também na Just Ceuta, no Porto 

CAPA DA EDIÇÃO

Mais na Visão

Mais Notícias

Mesa com tecnologia inovadora foi premiada

Mesa com tecnologia inovadora foi premiada

Moda: Fundo preto

Moda: Fundo preto

Mercado imobiliário: o que se espera para 2023

Mercado imobiliário: o que se espera para 2023

EXAME 464 - Dezembro de 2022

EXAME 464 - Dezembro de 2022

Tendências: couro

Tendências: couro

ONG dá

ONG dá "voto de desconfiança" a comissão de acompanhamento em obstétrica

Mulheres com estilo reunidas na apresentação de nova coleção de moda

Mulheres com estilo reunidas na apresentação de nova coleção de moda

Dão Nobre e outros senhores: Vinhos da nossa alegria

Dão Nobre e outros senhores: Vinhos da nossa alegria

Dyson quer desenvolver máquinas que usam software e conectividade para se autoaperfeiçoarem

Dyson quer desenvolver máquinas que usam software e conectividade para se autoaperfeiçoarem

Universidade de Évora e Cruz Vermelha testa com sucesso baterias de segunda vida em cenário de catástrofe

Universidade de Évora e Cruz Vermelha testa com sucesso baterias de segunda vida em cenário de catástrofe

PCP diz que PS quis eleições para começar política de constrangimentos para o povo

PCP diz que PS quis eleições para começar política de constrangimentos para o povo

JL 1361

JL 1361

Eco-Rally de Lisboa: os elétricos passaram pela capital

Eco-Rally de Lisboa: os elétricos passaram pela capital

Agenda pais e filhos para dezembro

Agenda pais e filhos para dezembro

Urgência Geral do Hospital de Setúbal com constrangimentos até às 20:00 de hoje

Urgência Geral do Hospital de Setúbal com constrangimentos até às 20:00 de hoje

Musk: implantes de chips no cérebro estão a 6 meses de distância. E ele quer um

Musk: implantes de chips no cérebro estão a 6 meses de distância. E ele quer um

Passatempos: vê o que podes ganhar este mês!

Passatempos: vê o que podes ganhar este mês!

O centenário de José-Augusto França

O centenário de José-Augusto França

JL 1360

JL 1360

Como cuidar das mãos depois dos 50

Como cuidar das mãos depois dos 50

João Galamba assegura que agricultura conta com 90 ME em apoios desde 2021

João Galamba assegura que agricultura conta com 90 ME em apoios desde 2021

Rota do Vinho de Talha: Uma viagem no Alentejo, de copo na mão

Rota do Vinho de Talha: Uma viagem no Alentejo, de copo na mão

Filha de Heidi Klum arrasa com foto em lingerie

Filha de Heidi Klum arrasa com foto em lingerie

VISÃO Se7e: Os dias em modo Natal

VISÃO Se7e: Os dias em modo Natal

Conheça a história por detrás do beijo de Harry e Meghan, com o qual 'anunciam' a sua nova série

Conheça a história por detrás do beijo de Harry e Meghan, com o qual 'anunciam' a sua nova série

10 Looks para combater o frio sem perder o estilo

10 Looks para combater o frio sem perder o estilo

William furioso com Harry

William furioso com Harry

Wrapped do Spotify: conheça os artistas, músicas, álbuns e podcasts mais ouvidos em 2022

Wrapped do Spotify: conheça os artistas, músicas, álbuns e podcasts mais ouvidos em 2022

Livros: Os melhores de 2022

Livros: Os melhores de 2022

Loja da Costa Nova no Porto

Loja da Costa Nova no Porto

Ofereça beleza este Natal

Ofereça beleza este Natal

Primeiro contacto: Toyota bZ4X, o elétrico com garantia de um milhão de quilómetros para a bateria

Primeiro contacto: Toyota bZ4X, o elétrico com garantia de um milhão de quilómetros para a bateria

PR dá posse a seis secretários de Estado incluindo novo adjunto do PM

PR dá posse a seis secretários de Estado incluindo novo adjunto do PM

Sofia Ribeiro sofre novo susto de saúde: “Tinha sintomas estranhos”

Sofia Ribeiro sofre novo susto de saúde: “Tinha sintomas estranhos”

Decskill chega aos 500 consultores

Decskill chega aos 500 consultores

Gary Lineker e Piers Morgan pegados por causa de Messi e Ronaldo

Gary Lineker e Piers Morgan pegados por causa de Messi e Ronaldo

Mortandade de bivalves na ria Formosa ameaça sustentabilidade da amêijoa

Mortandade de bivalves na ria Formosa ameaça sustentabilidade da amêijoa

Portugal faz bem: matéria natural

Portugal faz bem: matéria natural

A reorganização do enoturismo

A reorganização do enoturismo

Dolores Aveiro já está no Qatar e é surpreendida com algo inédito!

Dolores Aveiro já está no Qatar e é surpreendida com algo inédito!

Musk: implantes de chips no cérebro estão a 6 meses de distância. E ele quer um

Musk: implantes de chips no cérebro estão a 6 meses de distância. E ele quer um

Diana Pereira: “Vivo este amor de forma mais consciente e madura”

Diana Pereira: “Vivo este amor de forma mais consciente e madura”