Os primeiros testes de gravidez têm mais de 3000 anos e envolvem sementes de trigo e cevada

Há uma cena caricata na primeira temporada de The Great, a série que ficciona a ascensão ao trono da Imperatriz russa Catarina, a Grande, em que a protagonista, a atriz Elle Fanning, é impelida a fazer xixi sobre um molho de trigo para se descobrir se está ou não grávida. Se a planta florescesse, significava que sim, vinha daí um herdeiro (fun fact: a própria veio dizer mais tarde que se tratou de um momento bem embaraçoso). Se tal aconteceu na realidade? É provável que não, mas a cena tem a sua ponta de verdade. De acordo com papiros antigos, as mulheres egípcias usavam as sementes de trigo ou cevada como testes de gravidez. O método era simples: se as sementes crescessem, a mulher estava realmente grávida. 

Os primeiros escritos sobre o assunto são de 1350 a.C. e vão a um nível de detalhe ainda maior. As mulheres deviam urinar sobre dois sacos, um de areia com sementes de trigo e outro de areia com sementes de cevada. O que florescesse primeiro ditava o sexo do bebé. Trigo para rapariga, cevada para rapaz – claro está que se nenhum florescesse, não havia gravidez. Como tal, considera-se que seja este o primeiro teste de gravidez caseiro da história. Acredita-se também que a descoberta da gravidez pela urina tenha dado origem, já na Idade Média, aos chamados ‘Profetas do xixi’, para classificar uma categoria de médicos que examinavam a urina para detetar gravidezes e outras doenças. 

Na década de 60, uma série de cientistas decidiram testar a veracidade destes métodos e concluíram que, de facto, em 70% dos casos, as sementes de trigo e cevada cresciam com urina de mulheres grávidas (e não cresciam com a de homens e mulheres não grávidas), acreditando que seriam os níveis de estrogénio a contribuir para o crescimento das sementes. Não foi, no entanto, possível descobrir pela mesma técnica o sexo dos bebés.  

Segundo os antigos papiros, se brotassem as sementes de trigo, a mulher estaria grávida de uma rapariga

Notal final. A série The Great regressa para a segunda temporada na HBO dia 20 de novembro.  

Outras curiosidades sobre testes de gravidez 

  • Os profetas da Idade Média acreditavam que a urina das grávidas modificava as cores de algumas folhas. 
  • Os testes caseiros do pauzinho como conhecemos hoje foram apenas introduzidos no mercado em 1988.   

CAPA DA EDIÇÃO