Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Eduardo Bastos

Eduardo Bastos

Medicina Dentária

Demasiada gengiva à mostra quando sorri? Saiba o que é o reposicionamento do lábio

Entre 10% e 25% de todos os adultos vivem frustrados com a quantidade excessiva de gengiva que mostram quando sorriem

Entre 10% e 25% de todos os adultos vivem frustrados com a quantidade excessiva de gengiva que mostram quando sorriem.

O excesso de gengiva no sorriso é frequentemente considerado indesejável e apelidado de sorriso gengival. Trata-se de uma exposição desproporcional da gengiva que pode acontecer por existir uma mandíbula sub ou superdesenvolvida ou de um lábio superior.

Este vislumbre no sorriso, em excesso, da cor rosa é constrangedor para muitos e pode eventualmente ajudar para uma baixa auto-estima ou auto-confiança.

Hoje em dia conseguimos, em contexto de gabinete dentário e sob anestesia local, reposicionar o lábio para a sua posição correta com o objetivo de reduzir a aparência indesejada das gengivas.

A pequena cirurgia de reposicionamento labial oferece aos pacientes a oportunidade de ter um sorriso bonito e proporcional.

Trata-se de uma pequena intervenção que traz um equilíbrio harmonioso para os dentes, lábios e gengivas aumentando a confiança e auto-estima.

Benefícios do reposicionamento labial:

  • Melhora imediatamente a aparência de um sorriso “gummy" (sorriso gengival);
  • Cria uma quantidade proporcional de gengiva, dentes e lábio;
  • Dá ao lábio superior uma aparência mais agradável e estética;
  • Requer apenas anestesia local;
  • Recuperação rápida com pouco tempo de inatividade;
  • Sem qualquer cicatriz visível na face;
  • Aumento da confiança e auto-estima de forma imediata.

Existem várias causas para uma linha de gengiva desproporcional, incluindo uma erupção anormal dos dentes, músculos hiperativos dos lábios e uma maxila grande ou de forma incomum. Na consulta de diagnóstico o médico dentista realiza alguns exames para determinar se esse procedimento será o mais adequado às necessidades estéticas do paciente.

A correção cirúrgica tradicional (ortognática) da maxila era muito usada para reverter esta situação mas, no entanto, devido ao encargo elevado financeiro desse procedimento e à recuperação pós-cirúrgica longa já existem técnicas mais simples, rápidas e com pós-operatório muito mais fácil. A cirurgia óssea, apresenta também um maior risco de complicações

Pelo contrário, mais commumente e em ambulatório, sem recorrer a técnicas complexas e com complicados pós operatórios, o médico dentista pode realizar o seu procedimento de reposicionamento labial usando um anestésico local e, se necessário, para reduzir a ansiedade do paciente, sedação consciente. A Reposição do Lábio é executada através de uma técnica cirúrgica simples por dentro do lábio e com umas suturas que limitam um excessivo movimento do lábio superior.

Este procedimento demora cerca de 30 a 45 minutos para ser realizado. Os benefícios da técnica podem ser vistos imediatamente e acima de tudo tem um resultado muito natural. O lábio superior não parecerá rígido nem artificial.

O reposicionamento labial, usado para tratar um sorriso gengival, é mais rápido, tem um tempo de recuperação mais curto causando também uma muito menor morbilidade.

Como uma 2ª alternativa, por via não cirúrgica, pode-se aplicar em algumas zonas estratégicas, toxina botulinica (forte relaxante muscular), para que o lábio não suba tanto expondo uma grande área gengival.

Eduardo Bastos

Eduardo Bastos

Medicina Dentária

Licenciado em Medicina Dentária, tem várias Pós-graduações em áreas especificas como Cirurgia Avançada de Implantes e Tecidos Moles, Implantologia e Estética Dentária. Sempre muito dedicado à vertente da implantologia e cirurgia oral, participou em várias palestras nesse âmbito. A sua experiência profissional incide na Reabilitação Oral integral, com forte componente estética. Participou em alguns programas de televisão dedicados à saúde oral e estética dentária e é muitas vezes convidado para rubricas de informação de medicina dentária. Sempre projectou ter o seu próprio espaço, com um ambiente que correspondesse às suas paixões e uma prática clínica sempre avançada/ atualizada, proporcionando um cuidado de excelência como sempre o fez. Foi em 2016 que deu estrutura ao seu sonho com a Clinica Mint (http://mint.pt ) em Lisboa.