Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

  • As palavras e as emoções

    Sandra Duarte Tavares

    Bem-estar e mal-estar; satisfação e insatisfação; alegria e tristeza; amor e ódio são estados emocionais e sentimentos que podem, sem qualquer dúvida, ser provocados apenas pelas palavras. Este é um sinal tremendo do seu poder. Feita esta reflexão, porque não organizar estes pares de palavras em categorias?

  • Santa Maria, o Algarve dos Açores

    João Gago da Câmara

    A ilha tem um capricho. Encerra em si, e para deleite dos visitantes, um pequeno deserto de terra vermelha que contrasta fortemente com a vegetação circundante. Chamam-no o Barreiro da Faneca, mas é mais comumente conhecido por deserto

  • As Religiões e o Estado, ou para um questionamento dos fundamentalismos

    Paulo Mendes Pinto

    Que poder deve ter um religioso para dizer se um “outro” pode, ou não, fazer uma interrupção voluntária da gravidez? Levemos o exemplo pelo viés do quase absurdo: se, pela lei, uma cidadã puder fazer um aborto, isso implica que as religiosas são obrigadas a também abortar? Mais uma vez, confunde-se Direito Civil com a medieval noção de Cristandade: nada pode sair fora dela e tudo o resto deve ser extirpado. Uma reflexão no "Dia Mundial da Religião"

  • Preparar o novo ano com água nas praias …finalmente!

    Pedro Graça

    A não existência de água da rede pública incentivava o consumo desnecessário e poluente de milhares de garrafas de plástico diariamente, muitas delas que acabavam no oceano. Razões mais do que suficientes para a água estar disponível nos locais públicos, em particular nos dias de calor e nas praias

  • Os barrigudos

    Miguel Araújo

    Tirando o Super- -Homem, (...), nem sequer sei quem são esses agentes heroicos de ar medonho, bestificado, geneticamente transformado e aterrador que garantem, vigilantes e incansáveis, a Ordem e o Bem

  • Foi assim

    António Lobo Antunes

    Eis-me aqui em Lisboa mas nunca saí inteiramente de lá. Já não tenho camuflado, já não tenho arma, já não tenho cabelo loiro. O que tenho eu então? O que aconteceu à minha G3, o que me aconteceu a mim?

  • Alice, Alfredo e Adelino

    Rita Rato

    Não há espaço para a distração ou desvalorização destas ameaças ao regime democrático, não se pode afirmar num dia que o populismo deve ser combatido, e noutro dar espaço à banalização e naturalização do fascismo

  • O “cara” e o caos no mundo

    Rui Tavares Guedes

    Se Bolsonaro vai ser o cabeça de cartaz de Davos, bem podem anunciar: pedimos desculpa por esta interrupção, a globalização segue dentro de momentos