Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

  • Jerónimo, o democrata relutante

    Mafalda Anjos

    O que será preciso mais para o PCP reconhecer que a Coreia do Norte é uma ditadura belicista e autoritária? Homicídios públicos? Calma, também há: o meio-irmão do dirigente norte-coreano Kim Jong-un, crítico do regime, foi mandado assassinar na Malásia

  • Porco selvagem é o senhor

    Ricardo Araújo Pereira

    O facto de cada história acabar com um banquete entusiasmava muito o pequeno alarve que eu era

  • Ballad of a Thin Man

    Miguel Araújo

    Eu tenho precisamente a mesma idade que o David Susskind tinha quando os Beatles apareceram no Ed Sullivan Show. Mas eu sei que quem determina os caminhos do mundo são as legiões de rapazes e raparigas de 14 anos

  • Quando Duarte Lima não era rico... E quase nos fazia acreditar nisso 

    Miguel Carvalho

    Acossado, Lima dizia-se vítima de uma “cabala política”, expressão típica do idioma da vitimização que a classe pratica, desde tempos que se desvanecem, em exercícios rotineiros de inimputabilidade. Às suspeitas sobre a alegada fortuna, o antigo deputado contrapunha pudor. “O que é ser rico?”, perguntava, quase filosoficamente

  • O pão do Brasil

    Kiko Martins

    A tapioca é um dos ingredientes mais fascinantes da gastronomia brasileira. A crónica de Kiko Martins na VISÃO

  • Matar é cobardia, coragem é conviver!

    José Brissos-Lino

    Imaginemos que um islamita armado entrava num domingo na Sé de Lisboa e assassinava cinquenta católicos, entre adultos e crianças. Foi o que fez o supremacista branco Brenton Tarrant, só que os mortos são muçulmanos, abatidos em duas mesquitas de Cristchurch. Para alguns é mais fácil a cobardia do assassinato do que a coragem da convivência

  • Neto de Moura e Ivo Rosa

    José Eduardo Martins

    Em Portugal, definitivamente, quando há “moralidade” não comem todos