Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Vítor Pereira quer que FC Porto teste o caráter do Dínamo Kiev

Lusa

  • 333

Kiev, 05 nov (Lusa) -- O treinador do FC Porto confessou hoje que gostava que o Dínamo Kiev passasse à segunda fase da Liga dos Campeões de futebol, mas garantiu não estar disposto a dar qualquer presente ao adversário no jogo de terça-feira.

"Gosto do Dínamo e não quero que a equipa seja afastada nesta fase da competição, especialmente porque hoje é o 60.º aniversário do seu treinador [Oleg Blokhin]. Desejamos-lhe muita saúde e um feliz regresso, mas não haverá presentes para ele no campo", disse Vítor Pereira, referindo-se aos problemas de saúde que afastaram temporariamente o treinador ucraniano do banco.

O técnico dos "azuis e brancos" assegurou que planeou "um jogo interessante" para Kiev, na expectativa de motivar o adversário de modo a mostrar "o seu verdadeiro caráter" e "o desejo" de continuar "vivo" no grupo A da Liga dos Campeões, no qual é terceiro com três pontos.