Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Vieira Monteiro junta-se ao coro dos banqueiros contra aumento dos impostos sobre o setor

Lusa

  • 333

Lisboa, 07 nov (Lusa) - O presidente do Banco Santander Totta, António Vieira Monteiro, criticou hoje a subida da contribuição extraordinária da banca prevista no Orçamento do Estado para 2014, tal como já o fizeram os presidentes de outras entidades bancárias.

"Não estamos de acordo que se aumentem os impostos sobre a banca", afirmou o banqueiro, juntando-se às críticas a esta decisão governamental proferidas pelo presidente do Banco Espírito Santo (BES), Ricardo Salgado, pelo presidente do Banco Comercial Português (BCP), Nuno Amado, pelo presidente do Banco BPI, Fernando Ulrich, e pelo líder da Associação Portuguesa de Bancos (APB), Faria de Oliveira.

"Não percebemos porque é que a banca é tratada de uma forma diferente das outras grandes empresas portuguesas", acrescentou Vieira Monteiro.