Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Vendas na área alimentar sobem 2,2% e recuam 4,2% no não alimentar no 2.º trimestre -- APED

Lusa

  • 333

Lisboa, 29 ago (Lusa) -- As vendas no segmento alimentar aumentaram 2,2 por cento no segundo trimestre, face ao período homólogo, e recuaram 4,2 por cento no não alimentar, segundo o barómetro da Associação Portuguesa de Empresas de Distribuição (APED) hoje divulgado.

Entre abril e junho deste ano, as vendas no segmento alimentar totalizaram 2.844 milhões de euros e as da não alimentar -- que inclui eletrónica, vestuário, entre outros itens -- ascenderam a 1.822 milhões de euros.

Segundo a APED, a "inflexão da tendência negativa" na área alimentar, que subiu mais de 2 por cento, deveu-se ao "reforço promocional das insígnias de distribuição moderna, aumento da inflação, reclassificação de algumas categorias de produto em sede de IVA e alteração dos hábitos de consumo alimentar".