Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

UGT discute hoje com PSD,CDS e PS corte nas indemnizações por despedimento

Lusa

  • 333

Lisboa, 08 jan (Lusa) - Uma delegação da UGT, liderada pelo secretário-geral, João Proença, é hoje recebida pelos grupos parlamentares do PSD, CDS-PP e PS, no âmbito da proposta de lei que prevê a redução das compensações por despedimento.

Os encontros desta tarde realizam-se a pedido da UGT, uma semana depois de João Proença ter considerado "evidente" que o acordo da Concertação Social assinado aquando da entrada da 'troika' (Comissão Europeia, Banco Central Europeu e Fundo Monetário Internacional) em Portugal está "em causa".

"Nós não aceitamos esta situação e o Governo tem de honrar os seus compromissos (...) A UGT não aceita esta situação e exige a revisão, no quadro da Assembleia da República, da proposta de lei apresentada e, se não for feita esta revisão, a UGT tirará daí as devidas consequências", garantiu então João Proença.