Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

UGT admite vários escalões para indemnizações por despedimento, mas superiores a 12 dias

Lusa

  • 333

Lisboa, 21 mar (Lusa) - O secretário-geral da UGT admitiu hoje a criação de vários escalões para as indemnizações por cessação do contrato de trabalho, desde que sejam superiores a 12 dias de remuneração por cada ano de antiguidade.

"O Governo apresentou, de forma arbitrária, na Assembleia da República uma proposta para reduzir as indemnizações para 12 dias, mas é preciso rever esse valor porque não corresponde à média comunitária", disse João Proença aos jornalistas, admitindo a possibilidade de valores diferentes consoante a antiguidade.

João Proença liderou uma delegação da UGT que se reuniu, a seu pedido, durante mais de duas horas com o primeiro ministro para discutir a redução das indemnizações por despedimento, a constituição de um fundo de compensação do trabalho e o funcionamento da concertação social.