Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Tribunal da Turquia determina que óculos de natação de manifestantes são armas

Lusa

  • 333

Istambul, Turquia, 29 nov (Lusa) -- Um tribunal da Turquia decidiu que óculos de natação, capacetes de motorizada e outros equipamentos de proteção usados por manifestantes durante os protestos antigovernamentais do verão são "armas", noticiaram hoje os 'media' locais.

Naqueles protestos, os manifestantes usaram máscaras feitas de garrafas de plástico, capacetes de motorizada e óculos de natação para se protegerem do gás lacrimogéneo lançado pela polícia antimotim durante as manifestações de junho contra os planos do Governo para a construção de um complexo no parque Gezi.

Um tribunal de Istambul, que está a julgar 23 pessoas detidas nessas manifestações, considerou que aqueles objetos podem ser classificados como armas e que os acusados tinham "a clara intenção" de invadir o parque, confrontar-se com a polícia e destruir propriedade privada.