Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Trabalhadores da fábrica de Évora da Kemet voltam à greve contra despedimento coletivo

Lusa

  • 333

Évora, 10 jan (Lusa) -- Os trabalhadores da fábrica de Évora da multinacional norte-americana Kemet Electronics vão voltar a fazer greve, na próxima semana, contra o despedimento coletivo de cerca de metade dos funcionários, revelou hoje o delegado sindical.

Em declarações à agência Lusa, Hugo Fernandes, também dirigente do Sindicato das Indústrias Elétricas do Sul e Ilhas (SIESI), disse que os trabalhadores da unidade fabril decidiram marcar uma nova greve para os próximos dias 17 e 18.

"Reunimos em plenário e decidimos marcar mais dois dias de greve e uma manifestação à porta da empresa para mostrar o nosso desagrado pela situação", afirmou o dirigente sindical.