Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Subiu para 35 o número de mortos devido às cheias em Moçambique

Lusa

  • 333

Maputo, 16 jan (Lusa) - Trinta e cinco pessoas morreram vítimas das chuvas em Moçambique, que desde outubro afetaram cerca de 26 mil pessoas, refere o novo balanço do Instituto Nacional de Gestão de Calamidades (INGC)´, hoje divulgado.

Segundo Carmelita Namashilua, ministra moçambicana da Admistração Estatal, que preside o comité de gestão das calamidades naturais em Moçambique, os dados indicam uma situação alarmante, mas controlável.

Em quatro meses, o número de mortes registadas suplantam em mais de metade os óbitos registados nos últimos dois anos, um período durante o qual as calamidades causaram 58 vítimas mortais.