Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Síria: Rússia não exclui possibilidade de retirar militares da base de Tartus

Lusa

  • 333

Moscovo, 28 jul (Lusa) - Os militares russos poderão ser retirados da base de Tartus, na Síria, caso ela seja atacada, declarou hoje o vice-almirante Victor Tchirkov, comandante da Marinha de Guerra da Rússia, numa entrevista à rádio Eco de Moscovo.

Ao responder à pergunta do jornalista sobre que ordens irá dar aos militares caso a base de Tartus seja atacada, Victor Tchirkov afirmou: "não sou eu que dou ordens, para isso existe o ministro da Defesa. Claro que seremos obrigados a retirar os militares que lá se encontram, iremos retirá-los de lá".

Tchirkov sublinhou que a retirada só pode ser decidida pelo Presidente da Rússia, Vladimir Putin.