Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Síria: ONU e EUA condenam aparente evisceração de soldado por rebelde

Lusa

  • 333

Redação, 15 mai (Lusa) -- A Organização das Nações Unidas e os Estados Unidos reagiram na terça-feira contra um vídeo que mostra aparentemente um rebelde a eviscerar um soldado do regime de Damasco.

"Estamos horrificados por este vídeo e já dissemos claramente que todas as partes do conflito devem respeitar o direito humanitário internacional", disse o porta-voz adjunto do Departamento de Estado, Patrick Ventrell, referindo-se às imagens que mostram o rebelde supostamente a arrancar o coração e o fígado de um inimigo.

Também a Alta Comissária das Nações Unidas para os Direitos Humanos, Navi Pillay, afirmou que a mutilação e profanação de cadáveres, que pode estar a acontecer na Síria, constituem crimes de guerra.