Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Silva Peneda critica intervenção da UE em Portugal

Lusa

  • 333

Redação, 14 nov (Lusa) - O presidente do Conselho Económico e Social (CES), Silva Peneda, criticou hoje a intervenção da União Europeia em Portugal, no âmbito do Programa de Assistência Financeira, e acusou as suas instituições de não promoverem a consolidação dos valores europeus.

"É com mágoa que constato que, por ação ou omissão, as instituições da União Europeia não favoreceram a consolidação dos valores inerentes aos conceitos do projeto europeu, do seu modelo social e da própria economia social de mercado", disse José Silva Peneda num encontro do Partido Popular Europeu (PPE), em Amesterdão.

O presidente do CES aproveitou a oportunidade para "denunciar a atitude dos representantes da União Europeia na execução do Programa de Assistência em Portugal que, ao contrário da vontade unanimemente expressa pelas entidades patronais e sindicais, tudo fizeram para obstaculizar o normal desenvolvimento da contratação coletiva".