Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Sequestro de Cleveland tem apenas um acusado

Lusa

  • 333

Cleveland, EUA, 09 mai (Lusa) -- O proprietário da vivenda de Cleveland, EUA, onde três jovens estiveram sequestradas durante uma dezena de anos, foi acusado na quarta-feira de rapto e violação, enquanto os seus dois irmãos foram inocentados.

Ariel Castro, um porto-riquenho de 52 anos, foi acusado de violação e quatro raptos: os de Amanda Berry e da sua filha Jocelyn, nascida em cativeiro, de Gina DeJesus e de Michelle Knight, anunciaram as autoridades de Cleveland.

O chefe adjunto da polícia local, Ed Tomba, disse que o antigo motorista de autocarro escolar foi designado como o único responsável pelos raptos.