Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Rússia: Governo considera ingerência nomeação de Pussy Riot para Prémio Sakharov

Lusa

  • 333

Moscovo, 25 set (Lusa) -- O governo russo considerou hoje a nomeação de três membros do grupo de 'punk rock' Pussy Riot para o Prémio Sakharov da Liberdade de Expressão, outorgado pelo Parlamento Europeu, como "uma ingerência nos seus assuntos internos", noticia a Efe.

"A iniciativa de um grupo de eurodeputados só se pode considerar uma tentativa de ingerência num ramo independente do poder na Rússia", afirmou Konstantin Dolgov, chefe do Departamento de Direitos Humanos do Ministério.

O Parlamento Europeu divulgou hoje a seleção de candidatos ao Prémio Sakharov, entre os quais estão ativistas e defensores de Direitos Humanos de Irão, Ruanda, Paquistão e Bielorrússia, para além das Pussy Riot.