Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Restauração: Movimento de empresários pede medidas para setor e ameaça com manifestação no Parlamento

Lusa

  • 333

Porto, 23 ago (Lusa) -- O recém-criado Movimento Nacional de Empresários da Restauração apelou hoje à tomada de medidas pelo Governo para ajudar o setor e avisou que, caso tal não aconteça, vão convocar uma manifestação perante o Parlamento.

Em conferência de imprensa na Alfândega do Porto, com a presença de cerca de 50 empresários, o representante do movimento José Pereira alertou que os próximos meses podem significar "o fim deste setor", apelando à intervenção do Governo, através da participação de elementos dos ministérios da Economia e das Finanças numa comissão de análise do setor.

Para além disso, numa nota de reivindicações, o movimento pediu uma linha de crédito para o setor com juros bonificados, a facilitação de reuniões com diversos organismos estatais como as Finanças e a Segurança Social, bem como a redução dos custos energéticos para micro, pequenas e médias empresas, e uma "revisão urgente e imediata da nova lei de arrendamento urbano".