Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Republicanos John McCain e Lindsey Graham defendem

Lusa

  • 333

Washington, 31 ago (Lusa) -- Os senadores republicanos John McCain e Lindsey Graham defenderam hoje o "convincente" discurso do Secretário de Estado John Kerry sobre a necessidade de dar uma resposta à suposta utilização de armas químicas na Síria e querem uma ação militar decisiva.

"O Secretário Kerry fez uma apaixonada e convincente argumentação que estabeleceu a utilização de armas químicas por parte de Assad a 21 de agosto", salientaram ambos os senadores referindo-se ao discurso do Secretário de Estado no qual foram enumeradas as alegadas provas norte-americanas do envolvimento de Damasco na utilização de armas químicas contra civis.

McCain e Graham, que há já algum tempo defendem uma intervenção mais ativa de Washington na Síria, disseram que a "única questão que resta é como se irá responder a um ataque que foi um crime contra a humanidade, uma violação das leis internacionais e contraria os interesses e valores norte-americanos como nação".