Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Pyongyang condena sanções impostas pela ONU, "produto da política hostil dos EUA"

Lusa

  • 333

Seul, 09 mar (Lusa) -- A Coreia do Norte criticou hoje o endurecimento de sanções contra Pyongyang pela ONU, "produto da política hostil dos Estados Unidos", ao apontar que apenas vieram reforçar o seu "estatuto" designadamente em matéria de nuclear.

Num comunicado, divulgado hoje pela agência estatal KCNA, o ministério dos Negócios Estrangeiros norte-coreano refere que as mais recentes sanções, as quais "condena e rejeita veementemente", reforçaram o seu estatuto "de Estado com armas nucleares e lançador de satélites".

As novas sanções são uma "prova evidente" de que a ONU se encontra "pervertida" pelos Estados Unidos, cujo objetivo é derrubar o regime norte-coreano através "do desarmamento e da asfixia económica", refere o comunicado.