Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

PS acusa Governo de querer uma escola pobre, para pobres e com resultados pobres

Lusa

  • 333

Porto, 20 ago (Lusa) -- O PS criticou hoje as políticas do Governo para a área da educação, acusando-o de estar "claramente a procurar o regresso a uma escola do antigamente, a uma escola pobre, para pobres, com resultados também eles pobres".

"Num período de crise económica, financeira, social e até política, a educação parece, para o Ministério da Educação, ser mais um assunto, entre tantos outros, sem grande relevância (...).Acreditamos que é um erro profundo, pois para além do valor que a educação tem para cada indivíduo, tem também uma importância vital para a sociedade", afirmou hoje, em declarações aos jornalistas, o deputado socialista Rui Santos, também coordenador da comissão parlamentar do PS da educação.

Para o PS, o cheque-ensino anunciado pelo Governo é, por exemplo, "uma medida meramente ideológica e sem qualquer fundamentação científica, sociológica ou sequer económico-financeira que a valide".