Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Projeto comida pelo trabalho contra regresso à produção de cannabis no centro de Moçambique

Lusa

  • 333

Chimoio, Moçambique, 30 out (Lusa) - As autoridades de Guro, Manica, centro de Moçambique, reintroduziram o projeto comida pelo trabalho, para abertura de vias de acesso, visando "retrair o retorno da produção de soruma" em Calombolombo, disse hoje à Lusa a administradora local.

Diolinda Vissai, administradora do distrito de Guro, disse que o uso da mão-de-obra intensiva na abertura de estradas, pretende facilitar o escoamento da produção da população local, sem mercado, e impedir que se concretize a ameaça do regresso à produção de soruma (cannabis sativa).

"Há dias, enviámos agentes económicos para a compra do excedente da população referente à última campanha agrícola. O governo não tem dinheiro agora para construção de estradas e estamos a melhorar a transitabilidade com a mão-de-obra local, em troca de comida e outros incentivos", disse à Lusa Diolinda Vissai.