Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Primavera Sound: Festival com preocupações ambientais promete recuperar eventuais estragos no recinto

Lusa

  • 333

Porto, 02 jun (Lusa) -- A organização do Optimus Primavera Sound assegura ter como preocupação a preservação do Parque da Cidade, a separação de resíduos e o impacto do som nas zonas residenciais vizinhas do festival, garantindo recuperar eventuais estragos, em três semanas.

"A nossa primeira preocupação é não estragar e, caso estraguemos, recuperar. Temos três semanas para o fazer. Temos o compromisso com a Câmara do Porto de recuperar tudo, depois de avaliados os danos, quer na parte da relva quer em estruturas sensíveis do Parque", adiantou à Lusa José Barreiro, um dos responsáveis da organização do Optimus Primavera Sound, que se realiza no Porto, de quinta-feira a 10 de junho.

Também a Câmara do Porto garantiu, através do seu gabinete de comunicação, que no final do evento, no qual são esperados "milhares de pessoas", serão "respostas as condições originais do Parque, caso seja necessário", existindo mesmo um "plano de intervenção" nesse sentido.