Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

PP e PSOE criam grupo de trabalho sobre clientes bancários que terão comprado ações sem saber

Lusa

  • 333

Madrid, 29 jan (Lusa) -- Os dois maiores partidos espanhóis, PP e PSOE, alcançaram um acordo para resolver a situação em que se encontram milhares de pessoas afetadas pela compra alegadamente não informada de ações preferentes de bancos e caixas agora nacionalizadas.

Trata-se de um problema que afeta centenas de milhares de pessoas em toda a Espanha, muitas das quais compraram, sem conhecer verdadeiramente todas as condições, ações nas principais entidades financeiras.

Para resolver o problema os dois partidos acordaram criar uma comissão de arbitragem que analisará os casos de preferentes e determinará o perfil de cliente que pode recorrer para recuperar 100% do seu investimento.