Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Portugal progrediu na luta contra discriminação racial, mas persistem situações preocupantes

Lusa

  • 333

Lisboa, 08 jul (Lusa) -- A Comissão Europeia contra o Racismo e a Intolerância (ECRI) considera que Portugal progrediu na luta contra a discriminação racial, mas lamenta a persistência de situações "preocupantes" como casos de "hostilização" e "abusos da polícia" contra os ciganos.

Num relatório hoje divulgado sobre Portugal relativamente ao racismo e à intolerância, a ECRI refere que foram verificados "progressos" em várias áreas observados no anterior relatório, publicado em fevereiro de 2007, mas há "certos pontos" que "permanecem preocupantes".

Entre os fatores negativos, aponta a continuação de "casos de hostilização" e de "comportamentos repreensíveis e de abusos da polícia para com os ciganos".