Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Portugal deverá sair do programa de assistência em 2014 - estudo

Lusa

  • 333

Bruxelas, 16 mai (Lusa) -- Portugal deverá sair do programa de assistência financeira em 2014, tal como previsto, mas os "problemas" deverão continuar a existir, segundo um estudo apresentado hoje, em Bruxelas.

De acordo com o documento do 'think tank' (grupo de reflexão) Bruegel, que avalia os programas de assistência financeira português, grego e irlandês, "parece provável" que Portugal saia do programa "no calendário previsto", ou seja, em 2014, o que seria um "sucesso" para o país e para a 'troika'.

No entanto, os autores do estudo - André Sapir, Guntram Wolff e Jean Pisani-Ferry -- afirmam que a saída do programa da 'troika' (Comissão Europeia, Fundo Monetário Internacional e Banco Central Europeu) "não será o fim dos problemas de Portugal", uma vez que a "economia continuará frágil".