Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Portugal condena "firmemente" o ensaio nuclear da Coreia do Norte

Lusa

  • 333

Lisboa, 12 fev (Lusa) -- Portugal condena "firmemente" o recente ensaio nuclear da Coreia do Norte, considerando-o uma "clara violação" das resoluções da ONU e uma "séria ameaça" à segurança regional e internacional, refere hoje uma nota do Ministério dos Negócios Estrangeiros.

"O comportamento da República Popular Democrática da Coreia (RPDC) constitui uma séria ameaça à paz na península coreana, bem como uma ameaça à segurança regional e internacional, que deverá merecer uma resposta firme e unificada por parte da comunidade internacional", indica a nota do MNE português, a que a Lusa teve acesso, e que sublinha a condenação de Portugal, "juntamente com os parceiros da União Europeia".

No mesmo documento, Portugal apela "firmemente" à RPDC para que se abstenha de levar a cabo outras "ações de provocação" e para que se envolva num diálogo construtivo com a comunidade internacional.