Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Portugal aproveita "só pontualmente" contributo de emigrantes - Governo

Lusa

  • 333

Lisboa, 07 jun (Lusa) -- Portugal tem aproveitado "só muito pontualmente" o contributo dos emigrantes, diz o secretário de Estado José Cesário, identificando as "barreiras administrativas" como o maior obstáculo para a diáspora.

Em declarações telefónicas à Lusa a partir da Namíbia -- onde iniciou hoje o périplo das comemorações do 10 de Junho, que o levarão nos próximos dias à África do Sul, a Hong Kong e a Macau --, o secretário de Estado das Comunidades Portuguesas reconheceu que "falta uma adaptação da administração [pública] às necessidades" dos emigrantes, particularmente os que investem" em Portugal, "que são imensos".

Frisando que o Governo português faz "um trabalho" para melhorar esta situação "há alguns anos", José Cesário falou da "adaptação muito grande" que os emigrantes têm de fazer à burocracia do país, "um desafio complicado".