Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Política norte-americana para África deve promover instalação de eletricidade

Lusa

  • 333

Lisboa, 01 fev (Lusa) -- A organização de análise política norte-americana Brookings recomenda à administração Obama investimento no setor da energia elétrica no continente africano como soluções para problemas sociais, económicos e sanitários.

No relatório Foresight Africa, com as recomendações prioritárias para o continente em 2013, a Brookings refere que sete em dez africanos não tiveram acesso a eletricidade, oito em cada dez não tiveram acesso a fogões modernos e que por falta de energia elétrica milhões de pessoas são privadas de oportunidades de desenvolvimento.

"A pobreza energética -- definida pela impossibilidade de se cozinhar refeições com formas modernas de energia e/ou falta de iluminação elétrica para atividades produtivas depois do pôr-do-sol -- afeta os setores da saúde, educação e impede oportunidades económicas a mais de 600 milhões de africanos", escreve a Brokings.