Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Polícia tailandesa recorre a gás lacrimogéneo para dispersar protesto anti-governo

Lusa

  • 333

Banguecoque, 24 nov (Lusa) -- A polícia tailandesa recorreu ao uso de gás lacrimogéneo hoje para dispersar manifestantes que realizam um protesto anti-governo na capital, um cenário de vários focos de violência nos últimos anos.

A polícia lançou dez bombas de gás lacrimogéneo contra um grupo de manifestantes que removeu as barreiras, inclusive de arame farpado, que bloqueavam o seu percurso perto de um edifício das Nações Unidas, informaram as autoridades.

"Até ao momento, foi usado gás lacrimogéneo numa área porque os manifestantes não cumpriram as regras", disse o porta-voz da polícia, Piya Uthayo, em declarações citadas pela agência noticiosa francesa AFP.