Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Polícia chinesa suspeita do envolvimento de pessoas do Xinjiang no incidente de Tiananmen

Lusa

  • 333

Pequim, 29 out (Lusa) - A polícia chinesa suspeita que pessoas oriundas do Xinjiang, região de maioria muçulmana, estarão envolvidas no incidente registado na segunda-feira na Praça Tiananmen, em Pequim, que matou cinco pessoas e feriu 38, disse hoje um jornal oficial.

Numa notificação enviada aos hotéis da cidade acerca de um "importante caso ocorrido na segunda-feira", a polícia identificou como "possíveis suspeitos" dois residentes de Pishan e Shanshan, na Região Autónoma do Xinjiang, noroeste da China, disse o Global Times, publicação do grupo "Diário do Povo", o órgão central do Partido Comunista Chinês.

Ao pedir informações sobre "veículos suspeitos", a polícia descreveu quatro jipes com matrículas daquela região, indicou o jornal.