Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

PM israelita e rei da Jordânia discutiram a questão das armas químicas na Síria -- Imprensa

Lusa

  • 333

Jerusalém, 27 dez (Lusa) -- O primeiro-ministro israelita, Benjamin Netanyahu, e o rei da Jordânia, Abdala II, tiveram um encontro para discutir as armas químicas na Síria perante a possibilidade de queda do Presidente sírio, revelou hoje o diário Yediot Aharonot.

Este foi o primeiro encontro entre os dirigentes em dois anos e meio e surgiu na sequência da preocupação que gera a possibilidade de armas químicas caírem nas mãos dos rebeldes sírios ou de grupos terroristas, de acordo com o mesmo jornal.

Outra possibilidade considerada pela comunidade internacional é que o líder sírio recorra a essas armas em caso de ver o seu regime ameaçado.