Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Plataforma internacional de estivadores ameaça Governo português

Lusa

  • 333

Lisboa, 17 set (Lusa) -- O coordenador do International Dockworker Council (IDC), numa carta aberta dirigida a Passos Coelho, ameaça com ações que podem ter impacto sobre a "frágil economia" portuguesa, caso não seja alcançado um acordo com os estivadores portugueses.

Na quarta-feira, inicia-se no Chipre a reunião internacional da organização dedicada este ano à "luta laboral dos estivadores portugueses", em que participa António Mariano, dirigente do Sindicato dos Estivadores, Trabalhadores do Tráfego e Conferentes Marítimos do Centro e Sul de Portugal.

Entretanto, o coordenador do IDC, Anthony Tetard, numa carta aberta dirigida ao chefe do executivo português, Pedro Passos Coelho, e ao ministro da Economia, António Pires de Lima, e a que a agência Lusa teve acesso, defende os interesses dos estivadores portugueses e sublinha que a "paciência está a chegar ao limite", mas que espera que haja ainda "capacidade para a tomada de medidas necessárias" por parte do Governo português, para um "acordo comum".