Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Passos Coelho defende clarificação da fixação de serviços mínimos na educação

Lusa

  • 333

Santarém, 12 de jun (Lusa) -- O primeiro-ministro, Passos Coelho, afirmou hoje que é preciso clarificar para futuro a fixação de serviços mínimos, dizendo ter sido a primeira vez que um colégio arbitral determinou não os decretar para a greve dos professores.

"É a primeira vez que um colégio arbitral diz que não é preciso fixar serviços mínimos, na área da educação" afirmou hoje o primeiro-ministro, aludindo a "uma situação nova que é preciso clarificar para futuro".

Passos Coelho falava aos jornalistas no final de uma visita à Feira Nacional de Agricultura em Santarém.