Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Parque Expo: Trabalhadores ainda não foram despedidos, mas não têm projetos para trabalhar - comissão

Lusa

  • 333

Lisboa, 27 jul (Lusa) - Quase um ano após o anúncio de extinção da Parque Expo, os trabalhadores da empresa pública continuam num impasse, à espera de um despedimento coletivo que ainda não tem data marcada, enquanto recebem ordenado, mas não podem desenvolver projetos.

Os trabalhadores continuam à espera de resposta a um pedido de audiência à ministra do Ambiente, de quem esperam esclarecimentos, e foram entretanto recebidos pelos partidos com assento parlamentar, à exceção do PSD, aos quais disseram que o impasse tem de ser resolvido o mais rapidamente possível.

De acordo com Nuno Marques, da comissão de trabalhadores, a situação é preocupante, porque, na prática, não foram despedidos, como tinha sido anunciado em agosto do ano passado, mas também não os deixam trabalhar. A primeira 'leva' de despedimentos na empresa deveria ter sido concretizada até ao final do ano passado, o que não aconteceu.