Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Parlamento russo aprova lei que alarga definição de alta traição

Lusa

  • 333

Moscovo, 23 out (Lusa) -- O parlamento russo votou hoje uma lei que alarga a definição de alta traição, que as organizações de defesa dos direitos humanos definem como um novo ataque à oposição.

Após a nova lei, a alta traição não consiste apenas em transmitir informações secretas a governos estrangeiros, mas também em fornecer consultas ou ajuda financeira a organizações internacionais, entre outras instituições, caso estejam envolvidas em "atividades dirigidas contra a segurança da Rússia".

A legislação que estava em vigor sobre esta questão não mencionava as organizações internacionais e apenas se aplicava às atividades que comprometessem a "segurança externa".