Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Pais de Angélico intentam ação judicial a dono de stand e exigem 159 mil euros

Lusa

  • 333

Vila do Conde, 22 out (Lusa) -- Os pais do músico Angélico, que morreu em 2011 na sequência de um acidente de viação na A1, exigem 159 mil euros ao empresário que, alegadamente, detinha a propriedade do veículo, disse à Lusa fonte judicial.

Os pais de Angélico insistem na teoria de que Augusto Fernandes era proprietário do BMW 635, automóvel conduzido pelo cantor na noite do acidente, em junho de 2011.

Os progenitores deram entrada com uma queixa cível no Tribunal de Vila do Conde, exigindo 159 mil euros ao empresário.